12 idosos da Vila Vicentina em Cajuru são diagnosticados com COVID-19

Prefeito assinou decretou colocando a entidade em quarentena até o final de junho; Funcionários também apresentaram teste positivo para a doença

A prefeitura de Carmo do Cajuru confirmou que 12 dos 50 idosos da Vila Vicentina foram diagnosticados com o novo coronavírus. Além deles, quatro funcionários também apresentaram teste positivo para a doença. De segunda (18) para terça-feira (19) outras sete pessoas, sendo três profissionais de saúde, tiveram exames confirmados. Ao todo, segundo o boletim mais recente, a cidade contabiliza 36 casos de COVID-19.

Os exames em massa foram realizados na entidade após a confirmação da morte de um idoso, de 88 anos. Adotando medidas de prevenção desde o início de março, o advogado e vice-presidente voluntário, Bruno Shester diz que desconhecem como houve a primeira contaminação.

“Não temos como afirmar nada sobre como teria esse vírus entrado na entidade. Parece-me que cientificamente é impossível. Mas nem temos recursos para isso”, afirmou.

Desde a primeira confirmação em Divinópolis, a 15 km da cidade, as visitas aos moradores da entidade estão suspensas e há controle de higienização de todos os produtos e materiais que entram na entidade.

Após o primeiro caso, as medidas de prevenção foram reforçadas. Os idosos foram divididos em três grupos para compartilhamento dos 31 quartos disponíveis:  sintomáticos, assintomáticos e negativos.

“Friso que nesta data não temos nenhum morador dentro da Vila com sintomas mais fortes que demandem ser encaminhados a hospital. Mas, a doença não nos permite achar que esteja tudo bem nunca”, afirmou o vice-presidente.

Quartos de madeiras serão construídos no espaço de eventos para reforça o combate ao vírus.

Dos funcionários confirmados, dois estão em isolamento dentro da entidade. Uma já está recuperada e trabalhando normalmente. A outra está em isolamento no alojamento provisório construído para abrigar os funcionários. Os outros dois estão em casa e sendo monitorados pela Secretaria de Saúde. Atualmente, 16 colaboradores estão no alojamento. A medida foi adotada para evitar que os profissionais tenham contato externo com o vírus e contaminem os idosos.

Ajuda

Para combater o vírus, a entidade está pedido colaboração.

 “Nossa entidade tem mais de 40 anos e uma história linda. Estamos passando pelo pior de sua história”, enfatizou.

A demanda principal é por equipamentos de proteção, como luvas, máscaras, álcool em gel, desinfetantes. As doações podem ser feitas via depósito ou transferência bancária:

Carmocred

Agência: 3106

Conta Corrente: 2385-0

Banco do Brasil

Agência: 1749-3

Conta Corrente: 9910-4

Obras Assistenciais Padre Augusto Cerdeira

CNPJ: 20.890.067/0001-56

Entidade em quarentena

Com as novas confirmações, o prefeito de Carmo do Cajuru, Edson Vilela assinou decreto que coloca a entidade em quarentena até 28 de junho. Serão seguidas diretrizes expressas para entrada e saída de agentes de saúde e vigilância em saúde, bem como materiais de consumo e descarte, visando evitar qualquer contágio externo.

A prefeitura também proibiu a utilização da orla da barragem em toda a extensão para a prática de pesca, armação de tendas, acampamentos, bem como locação de ranchos e sítios com a finalidade recreativa.

A população também está proibida de frequentar a Prainha, a Pedra do Calhau e o Morro da Cruz por prazo indeterminado.

 

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.