Acidentes na Avenida Sete de Setembro reduzem 61%

Um ano após mudanças no trânsito, Settrans divulgou balanço do resultado

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) divulgou, nesta quarta-feira (13), os resultados da mudança de sentido e das alterações de trânsito na Avenida Sete de Setembro, na área central de Divinópolis. Conforme os dados da secretaria, a redução de acidentes foi de 61,03%, em um ano, com investimentos e mudanças concretizadas pela Prefeitura de Divinópolis.  

De acordo com a Settrans, após um ano de mudança no sentindo de circulação da Avenida Sete de Setembro, entre a Rua Sergipe e a Avenida Divino Espírito Santo, as alterações tiveram saldo positivo.

“A segurança dos pedestres aumentou consideravelmente, devido às mudanças realizadas. Os congestionamentos em horários de picos foram sanados, e o sincronismo do semáforo ficou mais eficiente. As dificuldades encontradas à porta das escolas nos horários de início e término reduziram-se consideravelmente”, destacou o gerente de Trânsito da Settrans, Lucas Lopes.

Conforme as estatísticas da Settrans, o volume de acidades caiu em 2018, quando confrontado com 2017.

“O mais importante é que o número de acidentes caiu: em 2017, tivemos 77 acidentes no trecho; e, em 2018, foram registrados 30 acidentes; uma redução de 61,03% no número de acidentes registrados”, afirmou o gerente de Trânsito.

O número de pessoas envolvidas nos acidentes também retraiu.  Em 2017, foram 19 vítimas; e, em 2018, a quantidade caiu para 14.

Ainda de acordo com as estatísticas da Settrans, das 17 às 19 horas, em 2017, foram registrados 25 acidentes; e, em 2018, no mesmo período, foram registrados oito acidentes.

Projeto

Mudanças foram implementadas há um ano (Foto: Divulgação/PMD)

Além da implantação da mão única, a Prefeitura de Divinópolis implantou projeto piloto da área de pedestres na Avenida Sete de Setembro, o que contribuiu para queda no número de acidentes. Concretizado por pintura estratigráfica com a missão de minimizar o conflito de veículos e pedestres, o projeto testou as transformações com material leve e de baixo custo.

A intervenção na Sete de Setembro foi realizada em dois pontos: na Sete de Setembro com a Serra do Cristal e também na esquina da Rio de Janeiro. O alargamento das calçadas com pintura no asfalto reorganiza o espaço público e diminui consideravelmente o conflito entre veículos e pedestres. Além da pintura, foi implantado o alargamento feito com pintura, balizadores, tachões e faixa de pedestres. Na Sete de Setembro, esquina com a Rua Rio de Janeiro, foram concluídas melhorias no passeio.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.