Ao aderir plano estadual, apenas serviços essenciais poderão abrir em Divinópolis

Comitê de Enfrentamento à Covid-19 aprovou a adesão de Divinópolis ao plano “Minas Consciente”

A Secretária de Estado de Saúde de Minas Gerais, por meio da Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, esclareceu, nesta quinta-feira (25) ao PORTAL GERAIS, que os municípios que fazem adesão ao Plano Minas Consciente são enquadrados na onda definida para macrorregião. A assessoria de comunicação da prefeitura de Divinópolis confirmou hoje que o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 aprovou a adesão da cidade ao plano após receber recomendação do órgão estadual.

Com isso, segundo a nota da Ses, o município adere de forma integral ao Plano. Divinópolis se enquadra no protocolo da macrorregião Oeste. Até está quinta-feira (25) ela se enquadrava na “onda verde” assim como Centro, Noroeste, Nordeste, Jequitinhonha, Leste, Vale do Aço, Sudeste, Triângulo do Sul e Triângulo do Norte.

“O gestor municipal pode deixá-lo mais restritivo, mas não mais flexível. Assim, Divinópolis, ao aderir ao Minas Consciente, estará  na onda verde que corresponde ao serviços essenciais”, afirmou.

Confira aqui quais são os serviços autorizados a funcionar pela “onda verde”.

O secretário municipal de Saúde, Amarildo de Sousa disse ao PORTAL GERAIS que a minuta do decreto para adesão foi concluída hoje (25) e encaminhada à procuradoria para análise. Afirmou ainda que a partir da conclusão dos documentos eles serão encaminhados ao Estado para que seja emitida a recomendação de qual protocolo o município deverá seguir. Não há data de previsão para a conclusão do processo de adesão.

Leia a nota na íntegra da Ses:

“A Secretária de Estado de Saúde de Minas Gerais, por meio da Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis, esclarece que os municípios que fazem adesão ao Plano Minas Consciente são enquadrados na onda definida para Macrorregião.  O município adere de forma integral ao Plano.  O gestor municipal pode deixá-lo mais restritivo, mas não mais flexível. Assim, Divinópolis, ao aderir ao Minas Consciente, estará  na onda verde que corresponde ao serviços essenciais.”

O plano

O plano setoriza a economia em quadro “ondas” “onda verde – serviços essenciais; onda branca – primeira fase; onda amarela – segunda fase; onda vermelha – terceira fase). Em divulgação nesta quinta-feira (25), a Ses classifica a região Oeste, que inclui Divinópolis (veja os municípios) como “onda verde”, ou seja, apenas os serviços considerados emergenciais poderiam estar funcionando em Divinópolis e demais municípios que a compõe.

De acordo com a Ses, a relação entre o número de leitos e a incidência de novos casos, além do tempo médio para internação após solicitação, não permitem uma folga confiável se o número de casos crescer em decorrência da reabertura de novos estabelecimentos.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Curiosa, observadora e questionadora.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.