Skip to main content

Bolsonaro com cartão corportativo: motociatas custaram R$ 100 mil cada

Por 23/01/2023Política

Ex-presidente era acompanhado por até 300 pessoas quando viajava a lazer ou passeios de motos

O custo das viagens a lazer e dos passeios de moto — as chamadas motociatas — por cidades do Brasil que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) costumava fazer chegava a R$ 100 mil. O valor foi revelado pelo Jornal O Estado de S. Paulo e replicado pelo jornal O Globo. As viagens costumavam ser acompanhado de 300 pessoas.

O jornal O Estado de S. Paulo teve acesso a notas fiscais que detalham os gastos com o cartão corporativo do ex-presidente. São dois mil documentos classificados como reservados, anexados à prestação de contas com esse método de pagamento.

As notas fiscais foram consultadas em parceria com a agência de dados Fiquem Sabendo, especializada no acesso a informações públicas. Elas revelam que nas viagens de Bolsonaro havia gastos para a hospedagem de cerca de 30 servidores públicos que partiam de Brasília, bem como alimentação de cerca de 300 pessoas responsáveis por dar o suporte ao destino escolhido pelo ex-presidente.

Leia a matéria completa divulgada pelo O Globo.