Skip to main content

Brinquedos que custaram quase R$ 10 mil cada estão jogados em escola de Divinópolis

Play Balls aparecem na lista de investigação de supostos itens superfaturados comprados pela prefeitura

Dois play balls – brinquedos comprados pela prefeitura de Divinópolis para escolas do município estão jogados em uma das instituições. O abandono foi revelado, nesta quinta-feira (22/9), pelo vereador Ademir Silva (MDB) após denúncia recebida.

O parlamentar esteve no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Nossa Senhora da Gracas no final do dia de hoje e constatou que dois dos brinquedos comprados não estão instalados.

Ao todo, o município adquiriu 129 destes aparelhos, totalizando R$ 1.288.710,00. A compra integra as investigações da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os gastos com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A CPI que já teve o relatório aprovado constatou suposto superfaturamento de quase R$ 8 milhões.

O brinquedo

O brinquedo é composto por uma rede afunilada e quatro saídas numeradas em forma de tubos e com um pino central e formato oval. A estrutura é de plástico rotomoldado. Ele também conta uma placa com regulamento do jogo.

Regulamento do jogo: Podem participar até quatro jogadores por equipe, formando dois times. Cada equipe escolhe duas saídas (no par ou ímpar) que será identificada por números (1,2,3 e 4). Contará 3 pontos se o jogador lançar a bola e a mesma cair pela saída do adversário. Se uma equipe arremessar a bola e a mesma cair em sua saída contará um ponto para o adversário. O vencedor será a equipe que fizer mais pontos.

Outra denúncia

Ademir Silva ainda relatou que em outra escola, embora instalado, os brinquedos não são utilizados por que não há bola. A informação foi repassada por um próprio aluno ao ser indagado pelo parlamentar se eles estavam utilizando o play ball nas atividades. O caso foi contato pelo vereador na reunião da câmara desta quinta.