Skip to main content

Cai número de pedidos por seguro-desemprego em Divinópolis

Economista diz ser um sinal de movimento da economia, mas alerta para um 2022 de desafios
Por 21/01/2022janeiro 25th, 2022Economia, Outras Notícias

Economista diz ser um sinal de movimento da economia, mas alerta para um 2022 de desafios

Os pedidos de seguro-desemprego, em Divinópolis, registraram uma queda de 14,6% em 2021 em relação ao ano anterior, marcado pelo início da pandemia de Covid-19. De acordo com o Monitoramento Econômico da Câmara de Dirigentes Logístas (CDL) Divinópolis, em parceria com Instituto Vitaltec, no acumulado do ano, entre janeiro e dezembro de 2021 foram registrados na cidade, 8.904 pedidos de seguro-desemprego contra 10.437 no mesmo período de 2020.

Segundo o economista do Instituto Vitaltec, Leandro Maia, a redução no número de pedidos de seguro-desemprego é um sinal positivo sobre o estado da economia divinopolitana.

“É um bom sinal, que reflete o esforço para a manutenção dos empregos na cidade com participação importante do comércio, serviços e indústria na geração de novos postos de trabalho. É um sinal de que a economia tem se movimentado, no entanto, 2022 ainda será um ano de muitos desafios para as empresas e a economia como um todo”, avalia.

Apesar de os números terem voltado ao patamar da pré-pandemia, o último mês de 2021 registrou alta. Em dezembro foram contabilizados 707 pedidos de seguro-desemprego na cidade de Divinópolis, contra 600 pedidos realizados em dezembro de 2020, resultando numa majoração anual de 17,8%. Já análise mensal mostra uma queda de 2%, uma vez que em novembro foram realizados 721 pedidos de seguro desemprego.

Minas foi o segundo estado a registrar maior número de solicitações em dezembro

Observando-se por estado, os pedidos de seguro-desemprego em Minas Gerais em dezembro de 2021 somaram 58.476, ficando atrás apenas de São Paulo, que registrou 132.305 requerimentos.

Analisando a variação das solicitações de seguro-desemprego nas principais cidades da região Centro-Oeste de Minas Gerais, entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021, nota-se que todas as cinco cidades demonstraram elevações no número requerimentos.

Itaúna registrou a maior elevação na solicitação de seguro-desemprego em relação ao mês de dezembro de 2020, 37,5%, seguida pelos municípios de Nova Serrana, com 30,5%, Divinópolis, 17,8%, Pará de Minas, 15,3% e Formiga, 15%.