Câmara de Divinópolis sofre ameaça de ataque

Informação de que Legislativo seria atacado assustou servidores; Polícia Civil descobriu origem

Ricardo Welbert

A Câmara de Divinópolis sofreu uma ameaça de ataque na tarde desta terça-feira, 23. De acordo com o presidente, Eduardo Print Júnior (PSDB), a Ouvidoria do Legislativo recebeu a informação de que um grupo cometeria o ato. A Polícia Civil foi acionada e resolveu o caso. 

Durante a reunião ordinária, a partir das 14h, uma viatura foi colocada em frente ao prédio. Os policiais que ficaram no local não registraram qualquer comportamento suspeito por parte de quem por lá passou. 

“Outra equipe da Polícia Civil foi até à casa da pessoa que fez isso e descobriu que se trata de uma pessoa especial, que passa por um momento difícil da vida. Quando os policiais lá chegaram, ela mesma reconheceu o erro e foi apurado que essa pessoa estava com distúrbios mentais, não tendo condição nenhuma de responder pelos atos”, explica Print Júnior.

SUSTO

A ameaça de ataque assustou os servidores do Legislativo. 

“Isso assustou nossos servidores. Houve meio que uma situação de desespero, mas já foi tudo solucionado por esta Presidência e a Polícia Civil”, pontua o presidente. 

De acordo com a Polícia Civil, os investigadores conseguiram identificar o endereço do suspeito, de 27 anos.

“Ele foi localizado no bairro São José, onde reside na companhia de seu avô. O jovem, que apresentava claros sinais de desconexão com a realidade, assumiu ter realizado a ligação, contando à equipe uma história fantasiosa. Conforme relatado pelo avô, o suspeito é portador de transtornos psicológicos graves”, informa a Polícia Civil. 

Diante dos fatos, o caso foi encerrado. 

Eduardo Print Júnior falou no plenário sobre a ameaça (Foto: CMD/Divulgação)

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert, jornalista formado pela Uemg em Divinópolis e mestrando em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto, em Portugal.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.