Coronavírus: Fiscalização em bares de Divinópolis é reforçada

Retomada das atividades com consumo de bebida alcoólica no local foi autorizada com adesão do município ao Minas Consciente

Com a adesão de Divinópolis ao programa Minas Consciente, do Governo Estadual, os protocolos referentes ao funcionamento de estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes e afins foram alterados em relação aos Decretos Municipais anteriores. A Vigilância Sanitária vai intensificar a fiscalização nos locais.

Atualmente, a cidade se encontra denominada “Onda Amarela” do programa, que permite o consumo de bebidas alcóolicas em estabelecimentos alimentícios. A Prefeitura de Divinópolis seguirá intensificando a fiscalização nos estabelecimentos para que todos os cidadãos cumpram com as medidas de segurança, como:

  • Distanciamento mínimo de 2 metros entre mesas, priorizando a utilização da mesa pela mesma família;
  • A permanência de clientes sentados;
  • Higienização constante no local, principalmente a desocupação das mesas.

Em caso de descumprimento, o infrator poderá ser penalizado com advertência, multa de um a dez UPFMDs (R$ 79,95 cada), interdição, cassação do alvará ou fechamento compulsório do estabelecimento pelas autoridades competentes.

Janice Soares, diretora da Vigilância em Saúde, conta que as medidas devem ser cumpridas com rigor.

“A colaboração da população é essencial para cumprir as determinações dos decretos. Só assim, a propagação do vírus no município será controlada. A Vigilância segue fiscalizando estabelecimentos em diversos pontos da cidade e conta com o apoio dos cidadãos para denunciar irregularidades”, conclui.

Para denunciar descumprimento dos Decretos Municipais, o cidadão poderá abrir chamado pelo AppDivinópolis, selecionando a opção “Coronavírus”. O aplicativo é gratuito e está disponível nas lojas de aplicativos para celular.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.