Skip to main content

“Covardia”: Cleitinho sobre conversas de que está vendendo candidatura

By 18/07/2022Política

Com a convenção se aproximando, pré-candidato ao Senado compartilhou vídeo para desmentir que partido está o “sabotando”

Com a data da convenção se aproximando, o pré-candidato ao Senado, o deputado estadual Cleitinho Azevedo (PSC) voltou a compartilhar nas redes sociais, neste domingo (17/7) e segunda (18/7), vídeo da reunião que teve, em Brasília, com os presidentes nacional e estadual do partido.

Na gravação, ele diz não aguentar mais “encheção de saco e covardia” de dizer que está “vendendo a candidatura” ou que o partido está o “sabotando”.

“Não aguento mais tanta encheção de saco e covardia de falar que eu vendo candidatura, que o partido está me sabotando que eu não vou ser pré-candidato a senador”, declarou.

Na sequência, o presidente nacional do PSC Marcondes Gadelha confirma o nome de Cleitinho como pré-canditado. A oficialização ocorreu no dia 14 de junho, data da gravação do vídeo.

“É um privilégio termos um candidato como esse a senador da república. Meu caro Cleitinho, você é nosso candidato a senador da república e eu quero vê-lo brilhando aqui na tribuna trazendo a mensagem do povo de Minas Gerais e contribuindo para um Brasil melhor, novas ideias, novas propostas capazes de colocar este país numa posição de destaque no ranking dos países”, afirmou.

A convenção do partido está marcada para o dia 05 de agosto.

Pesquisa

Na pesquisa mais recente, divulgada na sexta-feira (15/7), o pré-candidato aparece com 16,4% das intenções de votos, atrás apenas de Aécio Neves (PSDB), que está com 19%.

“Me aguardem agora. Posso até não ganhar essa eleição, mas que eu vou mostrar para você como faz uma eleição limpa e correta, vocês podem aguardar para ver, que vocês vão ver o que é Cleitinho”, declarou.

O levantamento foi realizado pela Paraná Pesquisas. O senador Alexandre Silveira (PSD) tem 7,2%; Marcelo Aro (PP) aparece com 2,7%; Sara Azevedo (PSOL) com 2,4%; e Pastor Altamiro Alves (PTB), com 0,5%.

O levantamento houve eleitores de 16 anos ou mais entre os dias 09 e 14 de julho deste ano. Foram consultados, por telefone, eleitores de 80 municípios mineiros.

A margem de erro da pesquisa é de 2,5% com intervalo de confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número MG-06063/2022.