COVID-19: CSSJD pede ao Estado que descredencie leitos neopediátricos

Eles são os únicos na macrorregião Oeste para atendimento de criança com quadro clínico da doença; Regional recomenda que sejam mantidos

O Complexo de Saúde São João de Deus solicitou o descredenciamento de cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neopediátricos que são habilitados pelo Estado, exclusivos para casos de Covid-19. De acordo com a nota enviada pelo hospital, como o município de Divinópolis vai aderir à “Onda Verde” a partir do próximo sábado (19) e devido à baixa demanda de internação de crianças pelo novo coronavírus, é desnecessário manter uma equipe de assistência médica e um espaço equipado, visto que os profissionais que são necessários em outras áreas do Complexo.

A Superintendência Regional de Divinópolis informou que  o Comitê Macrorregional de enfrentamento ao Coronavírus estudará junto à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais  uma outra forma de custeio para que estes leitos não sejam descredenciados, pois eles sãos os únicos de UTI Pediátricos  da macrorregião Oeste e não há outro prestador com condições de assumi-los. Dadas essas circunstâncias, foi recomendado pelo Comitê que o Complexo mantenha os leitos.

“Vale ressaltar que a Macrorregião Oeste teve caso de Síndrome Inflamatória Pediátrica (SIM-P) associada à covid-19 que é quando a criança evolui de forma grave com insuficiência respiratória, doença renal aguda, insuficiência cardíaca aguda e também apresentar sintomas semelhantes à doença de Kawasaki, como febre, manchas vermelhas na pele, conjuntivite, edema de pés e mãos. O Complexo de Saúde São João de Deus(CSSJD) é o único hoje com condições pacientes que evoluem para esta Síndrome na Macro”, afirma trecho da nota enviada pela regional de saúde.

Atualmente o Complexo de Saúde São João de Deus  conta com 15 leitos de UTI Neopediátrica, sendo:

• 06 leitos SUS – Neonatal;

•02 leitos SUS – Pediátrico;

•02 leitos Saúde Suplementar – Pediátrico;

•Além de 05 leitos pediátricos SUS, abertos exclusivamente para o COVID-19 tipo II, habilitados somente pelo Estado.

Crianças com Covid-19 em Divinópolis

De acordo com os dados do boletim da última quinta-feira, dos 1.275 casos confirmados do novo Coronavírus, 31 são crianças dos 0 aos 9 anos. Além disso, quatro crianças estão internadas com Covid-19 na cidade, sendo duas residentes, uma menina de 12 anos e uma bebê de 1 ano e 10 meses. Os outros 2 meninos são de São Sebastião do Oeste e Lagoa da Prata.

Fernanda Barreto

Fernanda Barreto

19 anos, estudante de jornalismo na Faculdade Pitágoras, Divinópolis-MG.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.