Skip to main content

CPI DA EDUCAÇÃO: Kaboja pede mais tempo para apresentar relatório alternativo

By 29/08/2022agosto 30th, 2022Política

Pedido foi protocolado na comissão e ainda precisa ser deliberado; Relatório inicial apontou superfaturamento de R$ 8,5 milhões

O vereador de Divinópolis(MG) Rodrigo Kaboja (PSD) quer 10 dias além dos já concedidos para apresentar o relatório alternativo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura gastos da educação. A informação foi confirmada ao PORTAL GERAIS, nesta segunda-feira (29/8).

O presidente da CPI, Josafá Anderson (Cidadania), até a publicação desta matéria, não havia deliberado sobre a questão. Caberá a ele acatar o pedido ou colocar em votação entre os membros.

O ofício com pedido de 20 dias foi protocolado por Kaboja após a leitura do relatório apresentado na semana passada pela relatora, a vereadora Lohanna França (PV).

O documento apontou, dentre as possíveis irregularidades, superfaturamento de R$ 8,5 milhões, formação de cartel entre algumas empresas, negligência, imperícia e omissão do prefeito Gleidson Azevedo, vice Janete Aparecida, ambos do PSC, de secretários e servidores.

Desde o anúncio da leitura do relatório, a base do governo tem feito manobras para protelar os trabalhos da CPI. O primeiro foi a formação do Colégio de Líderes para suspender até outubro as CPI’s.

Depois, o vereador Diego Espino (PSC) acionou a justiça para impedir a apresentação do relatório alegando politicagem.

Antes mesmo do conteúdo do relatório ser lido, Kaboja já havia antecipado que apresentaria documento alternativo. Após concordar com os 10 dias de prazo, tenta, adiar por mais 10 dias, para apresentar o documento alternativo.