Skip to main content

Crise na saúde: Estado empurra para final do ano retomada das obras do Hospital Regional

By 15/06/2022junho 16th, 2022Saúde

Zema citou impasses municipais que atrasaram processo burocrático e disse que não vai começar obra para parar

A retomada das obras do Hospital Regional em Divinópolis deverá ocorrer apenas no final deste ano. A informação foi confirmada pelo governador Romeu Zema (Novo), nesta quarta (15/6), em visita à cidade. 

Zema citou os trâmites burocráticos, como o processo de estadualização do imóvel e voltou a dizer que não vai iniciar obras para paralisarem por questões jurídicas.

Divinópolis vive uma crise na saúde com superlotação na Unidade de Pronto Atendimento (UP) e fila de pacientes a espera de vagas hospitalares. Um plano emergencial foi anunciado pela prefeitura.

Prefeitura abre policlínica para desafogar UPA e compra leitos no CSSJD

Serão investidos mais R$ 150 milhões para a conclusão. Dinheiro que, segundo o governador, já está em caixa e assegurado.

“O que para obra no Brasil é falta de dinheiro”, declarou, afirmando que este problema não há em relação ao hospital.

A retomada será a partir de recursos da Vale referentes a indenização pela tragédia em Brumadinho.

Para tentar destravar e viabilizar, deverá ser assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para possibilitar o início das obras antes da estadualização.

O município já sancionou a lei que transfere para o Estado o terreno, mas ainda é necessário que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) autorize. Para isso, o governo estadual precisa encaminhar o projeto para aprovação dos deputados.

Zema também citou entraves municipais como a reprovação das contas de parte do dinheiro já aplicado, que segundo ele, contribuem para o atraso.

O estado encontrou divergência de R$ 13 milhões entre o repassado e o executado.

O governador afirmou que, se não fosses os trâmites burocráticos, as obras poderiam ter sido retomada há um ano e meio.

Veja entrevista:

 

 

 

Amanda Quintiliano

Sou fundadora do Portal Gerais. Jornalista por formação e paixão. Curiosa, observadora e questionadora. Mãe da Cecília, na desafiadora e gratificante tarefa de maternar, empreender, realizar-se.