Skip to main content

Defesa Civil orienta população sobre período chuvoso

PUBLICIDADE

 

 

Com o objetivo de minimizar os impactos no período chuvoso e garantir a segurança da população, a Prefeitura de Divinópolis, por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), vem adotando uma série de medidas preventivas ao longo do ano.

PUBLICIDADE

 

O Plano Municipal de Contingência para o período chuvoso 2013/2014 estabelece ações a serem executadas na eventual ocorrência de enchentes, inundações, desabamentos e desmoronamentos. Como partes das estratégias de prevenção são feitas podas de árvores, limpeza de bueiros, operação tapa-buracos, vistorias nas áreas de risco, a fim de monitorar as áreas de risco e identificar possíveis alterações na geologia e na moradia das pessoas que vivem nessas regiões.

 

As ações realizadas nas escolas próximas ao curso do rio Itapecerica também têm caráter preventivo, e buscam orientar a população quanto aos cuidados que precisam ser adotados antes e durante as chuvas, de modo que a população tenha segurança e saiba para onde se dirigir e o que fazer em situações críticas.

 

A Defesa Civil também conta com o reforço dos atiradores do Tiro de Guerra 04-019, que trabalha na mobilização de voluntários para atuarem nesse período. A Copasa e a Cemig informam sobre alterações do nível pluviométrico. A Rede de Vizinhos Protegidos e associações comunitárias atuam como núcleos de Defesa Civil, com o objetivo de envolver a população neste trabalho preventivo. De acordo com o coordenador da Defesa Civil e secretário municipal de Operações Urbanas, Dreyfus Rabelo, a parceria com as forças de segurança pública, instituições e entidades, além do apoio da população, fortalecem as diretrizes do plano de contingência.

 

De acordo com o coordenador, não houve nenhuma ocorrência nos locais vistoriados, em função dos próprios trabalhos que foram executados de prevenção durante o ano. “Essas ações preventivas são fundamentais para evitar possíveis riscos de inundações e desmoronamento ou algum tipo de incidente. Os trabalhos continuam e até o momento nenhuma ocorrência foi registrada”, afirmou.

 

Segundo o coordenador de Defesa Civil, alguns cuidados devem ser tomados pela população, mesmo com as ações de prevenção. Em casos de chuvas intensas, manter um membro da família atento ao nível das águas. Observar o alinhamento das árvores. Se detectar rachaduras nas paredes, no solo, encostas e morros, avaliar se estão inativas ou progredindo. Nos casos de maior gravidade (havendo infiltração, rachadura progredindo ou barulhos estranhos) deve-se abandonar a residência imediatamente e entrar em contato com a Defesa Civil ou o Corpo de Bombeiros. O governo municipal conta com a população para o monitoramento das áreas de risco da cidade. “Qualquer pessoa pode entrar em contato pelo 199 ou pelo 9820-0301 para ações imediatas”, finalizou o secretário.

PUBLICIDADE
Amanda Quintiliano

Sou fundadora do Portal Gerais. Jornalista por formação e paixão. Curiosa, observadora e questionadora. Mãe da Cecília, na desafiadora e gratificante tarefa de maternar, empreender, realizar-se.