Divinópolis atinge recorde de notificações da COVID-19

“Acho que falta um pouco de empatia, de definição de prioridades na vida”, afirma infectologista; Médica fez vídeo de alerta e chamou a atenção da população

Divinópolis registrou recorde de notificações da Covid-19 em toda a pandemia. Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). Considerando a 47ª semana epidemiológica, foram 975 notificações. O casos confirmados registraram a segunda maior marca 137.

Nas redes sociais a médica infectologista e membro do Comitê de Enfrentamento a COVID-19, Rosângela Guedes fez um desabafo. Em um vídeo publicado no IGTV do Instagram, ela demonstrou preocupação.

“Fico me perguntando qual é o nível de informação que está chegando até as pessoas? Será que as pessoas estão informadas sobre o que está acontecendo? As vezes penso que não. Se a gente avaliar o número de festas que estão acontecendo, os eventos que estão sendo planejados, os encontros”, analisou no vídeo.

A médica também chamou a atenção da população, disse que “falta empatia” e de “definição de prioridades na vida”.

“Se você que está frequentando as festas, os encontros sem máscaras, porque não está preocupado com isso, porque não pertencem a nenhum grupo de risco ou não tem nenhum familiar de grupo de risco que more com você, precisa entender que se expondo, mesmo que não tenha um quadro grave, você está alimentando a cadeia de transmissão do vírus”, alertou.

Se a evolução de casos não for freada, a situação, segundo a infectologista deverá se agravar até as festas do final de ano.

“A nossa taxa de ocupação hospital começou a subir novamente e se não nos cuidarmos vamos vivenciar uma situação muito ruim na época do Natal e Ano Novo”, prevê.

Dados diários

O número de casos confirmados subiu, nesta quarta-feira (25), para 2352, são 41 novas confirmações em 24 horas. Os casos notificações chegaram a 18.077, ou seja, aumento de 232 entre ontem e hoje. Dos contaminados, 2083 pacientes estão recuperados. A cidade contabiliza 75 mortes em decorrência da doença.

 

 

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Curiosa, observadora e questionadora.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.