Skip to main content

Divinópolis: Definidas recomendações para conter síndromes gripais nas escolas

By 13/06/2022junho 21st, 2022Gerais, Saúde

Máscaras devem ser utilizadas por sintomáticos; Campanhas de conscientização sobre vacinação devem ser intensificadas

Reunião realizada nesta segunda-feira (13/6) tratou sobre as  recomendações necessárias para contenção de síndromes gripais em ambiente escolar. A reunião foi motivada pelo aumento de casos de síndromes gripais no município.

A vice-prefeita e secretária de Governo, Janete Aparecida, conduziu a reunião que contou com a presença da diretora de Vigilância em Saúde, Erika Camargos; da secretária municipal de Educação, Andreia Dimas; e ainda representantes da Superintendência Regional de Ensino, de escolas particulares, e também de pais de alunos.

Os integrantes da reunião elaboraram em conjunto recomendações que tem como objetivo garantir que os alunos possam permanecer seguros dentro da escola. Sendo assim foi estabelecido que, a educação, pública e privada, deverá obedecer às seguintes orientações:

  • Reforço da divulgação da importância da vacinação contra a covid-19 e a influenza.
  • Intensificação do uso de álcool em gel.
  • Reforço nas campanhas informativas sobre a importância da lavagem frequente das mãos.
  • Realização do recreio com o máximo de separação entre as turmas.
  • Nas entradas, os alunos devem ir direto para a sala, evitando aglomeração na porta e dentro do ambiente escolar.
  • No caso de haver dois sintomas, por exemplo, tosse e febre, os pais devem evitar mandar o aluno para a escola e avisar à escola os sintomas apresentados, para que a escola notifique a Vigilância Sanitária.
  • No caso de um sintoma gripal, quem estiver com o sintoma deve utilizar máscara. Tanto alunos quanto professores e demais servidores da educação.