Divinópolis já soma 301 casos de dengue, aponta boletim

Duas mortes pela doença estão em investigação; Nove pacientes estão com sinais de alarme e um está em estado grave

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) divulgou nesta terça-feira (26), os números atualizados da dengue em Divinópolis. Ao todo, foram notificados 566 casos da doença em 2020. Destes, 301 foram confirmados, 78 foram descartados e outros 187 casos estão sendo analisados. Dois óbitos estão em investigação.

No que diz respeito a faixa etária, há 10 casos confirmados de 1 a 4 anos; 16 entre 5 a 9 anos; 37 entre 10 a 19 anos; 116 entre 20 a 39 anos; 86 entre 40 a 59 anos; além de 36 pacientes com 60 anos ou mais. Em relação ao sexo, 150 são homens e 151 são mulheres. No índice de gravidade, nove pacientes estão com sinais de alarme e um se encontra em estado grave.

A Secretaria também divulgou os dez bairros com mais casos confirmados. O bairro onde há mais pacientes de dengue é o Santa Rosa, na região Sudeste, com 19 casos, seguido pelo Jardim Candelária, com 16 casos. Há 13 casos no Tietê, 12 no São Roque, 11 no Centro, 10 no Bom Pastor e no Nossa Senhora das Graças, 9 no Interlagos e 8 casos nos bairros Quintino e Niterói.

Em tempos de pandemia global causada pelo coronavírus, a preocupação com o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chickungunya e zika vírus, não deve ser deixada de lado nesse período de isolamento social, uma vez que grande parte dos focos de dengue se encontram nas residências.

O Secretário de Saúde, Amarildo Sousa, ressalta que o apoio da população é fundamental.

“Os cidadãos que estão em casa devem fazer sua parte para eliminar os focos de dengue. Tirem água parada localizada em vasos de plantas, garrafas e piscinas sem uso, tampem poços, cisternas e caixas d’água. Com a colaboração de todos, vamos combater o mosquito”, afirma o secretário.

A Prefeitura de Divinópolis, durante todo o ano, executa medidas para controlar os índices de infestação da dengue no município, como mutirões de combate à dengue e dedetização com fumacê, além de campanhas de conscientização.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.