Divinópolis: Prefeitura barra funcionamento do comércio e bares no feriado

Secretaria de Saúde diz que caso os estabelecimentos abram, estarão contrariando frontalmente as normas e diretrizes sanitárias

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) notificou o Sindicato do Comércio Patronal nesta quinta-feira (03) após emitir comunicado possibilitando o comércio de funcionar normalmente no feriado de 7 de Setembro. Assinado pelo secretário Amarildo de Sousa, a entidade foi informada que caso proceda o funcionamento, que estará contrariando frontalmente as normas e diretrizes sanitárias. A orientação do órgão é para que funcionem apenas os serviços essenciais.

“A infração às normas sanitárias em vigor, voltadas para o combate à Covid-19, sujeitará os que a desrespeitam à aplicação das sanções administrativas, civis e criminais aplicáveis, tendo em vista a gravidade da situação trazida pelo novo coronavírus”, afirmou na notificação.

Segundo  o documento, o momento exige de todos os segmentos um compromisso com a saúde e a vida coletivas, compromisso esse que supera em muito as convenções coletivas eventualmente celebrada pelos setores do comércio e serviços, próprios para vigorarem sem qualquer obstáculo em tempos de normalidade sanitária”.

Aumento de casos

A notificação foi baseada no aumento de casos registrados ao longo de agosto e o risco da cidade retroagir da “onda amarela” para a “onda vermelha”, permitindo assim o funcionamento apenas de serviços essenciais. Divinópolis tem 1084 casos confirmados da doença e 41 mortes, 19 delas registradas entre 01 de agosto a 03 de setembro.

Nesta quarta-feira (02), foi iniciada uma força tarefa para fiscalizar os estabelecimentos alimentícios e de venda de bebida alcoólica. A partir de agora, o município irá suspender as notificações educativas e passará a interditar o local que estiver descumprindo as normas, podendo levar a cassação do alvará.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.