Domingos Sávio propõe redução salarial de deputados e assessores

Proposta assinada pela bancada do PSDB também prevê a redução da remuneração de servidores do Legislativo, Executivo e Judiciário

O deputado federal Domingos Sávio (PSDB), em conjunto com a bancada do PSDB, apresentou ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), proposta para redução dos salários de parlamentares, assessores e servidores do Legislativo, Executivo e Judiciário, em função do estado de calamidade pública, provocado pelo coronavírus. A medida foi formalizada pela liderança do partido, durante a reunião de líderes do Legislativo Federal.

Conforme a proposta, servidores das áreas de saúde e de segurança pública que estejam trabalhando durante o estado de calamidade pública não poderão sofrer cortes em seus salários.

A matéria se soma a outras iniciativas já protocoladas pelo parlamentar e que visam reduzir, de forma significativa, o custo da máquina pública para permitir mais investimentos em saúde no Brasil.

Domingos Sávio destacou os esforços liderados por ele para diminuir esses gastos. Lembrou que apresentou em 2018 um Projeto de Lei – PLP 513/18, que propõe a redução do número de deputados federais no Brasil para 369, ao invés de 513 como é atualmente.

“Ao reduzir o número de parlamentares, teremos também a redução de assessorias e despesas em geral, na ordem de 30% do custo da Câmara Federal”, defendeu Domingos Sávio ao apresentar a proposta em 2018.

“Tenho lutado por esta redução de custos na área pública há muitos anos. Acredito que diante desta grave crise isso não pode mais ser adiado e estou me empenhando para que possamos aprovar em caráter de urgência a redução de salários e outras despesas no Legislativo, no Judiciário e também no Poder Executivo”, resumiu.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.