Skip to main content

Duplicação da BR-494 até o bairro Copacabana deve ser pauta de reunião com o Dnit

By 01/07/2022julho 5th, 2022Gerais

Grupo Novo Oeste pediu que Domingos Sávio intervenha em agenda com o presidente do Dnit para cobrar estudos técnicos para viabilizar a obra

O Grupo Novo Oeste articula reunião com o presidente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho para julho. Na pauta está a duplicação da BR-494 entre a Polícia Rodoviária e o bairro Copacabana. 

O grupo que tem como missão ser agente de construção para o desenvolvimento
econômico sustentável do Centro-oeste mineiro, por meio do grupo de Infraestrutura,
solicitou ao deputado federal Domingos Sávio (PL-MG) que interviesse no mês de julho para possibilitar a reunião.

Em reunião com o deputado, em Brasília, nesta semana, o representante do grupo de infraestrutura do Novo Oeste, Leonardo Santos Gabriel, solicitou o apoio para criar agenda junto ao DNIT.

Ele quer solicitar a manutenção e os estudos técnicos para duplicação da BR-494 no trecho que correspode ao Km 35 ao 42.

Nesse trecho, há diariamente um fluxo de 11 mil veículos por dia (com trânsito intenso de carretas
e caminhões), com alto índice de acidentes, engarrafamentos e retenção no tráfego nos
horários de pico.

A BR-494, é um importante eixo rodoviário de ligação a BR-381, sendo o acesso principal a São
Paulo. Outro trecho importante da rodovia de Divinópolis ao entroncamento da BR 262,
próximo a Nova Serrana, ligando a região ao Triângulo Mineiro e ao estado de Goiás.

“Esta obra será importantíssima para absorver a futura demanda de acesso ao hospital
regional, pelo trevo do Parque de Exposições, cuja região possui várias universidades e a nova
prefeitura, que gerou aumento do fluxo de veículos no entroncamento da Av. Paraná com a
BR 494.”, explicou o grupo.

Hoje durante evento realizado pela Apae, foi reforçado ao prefeito Gleidson Azevedo (PSC) e ao
deputadoa necessidade da duplicação da BR 494, no trecho citado.

“Recebemos o aval do executivo para pleitear o início dos estudos e projetos para a rodovia”, informou.

Léo Gabriel destacou que a logística, para o transporte da indústria e comércio, começa por
uma rodovia de boa qualidade, permitindo a atração de novos negócios para a região