Enfermeira é primeira vacinada contra covid-19 em Divinópolis

Fernanda da Costa recebeu primeira dose no mesmo dia em que 7,2 mil unidades foram entregues na cidade; grupos prioritários são vacinados primeiro

Ricardo Welbert

A enfermeira Fernanda da Costa é a primeira vacinada contra a covid-19 em Divinópolis. Ela trabalha na Unidade de Terapia Intensiva UTI e enfermaria do Hospital de Campanha criado para pacientes infectados com o novo vírus, recebeu a primeira dose na tarde desta terça-feira, 19. A aplicação ocorreu durante coletiva de imprensa da Secretaria de Saúde sobre a chegada da vacina.

“Estou muito lisonjeada. Estou sem palavras para agradecer, não só aos representantes da cidade, aos químicos, mas à minha equipe, que é mais do que merecedora. E também todos os profissionais da saúde. A gente deixa a nossa família pra cuidar de outras famílias. A gente deixa nossas casas para cuidar dos outros. Muitas vezes somos ausentes em casa para ir ao trabalho cuidar de quem nunca vimos antes. A gente se dedica. Dá todo o nosso amor e carinho. Acredito que os profissionais da saúde hoje são heróis. Porque a gente cuida em silêncio. Muitos nem sabem nossos rostos aqui fora. Agradeço demais à minha equipe, que me acolheu. Aos meus colegas, todos eles, por estarmos nesta luta. Muito obrigada por me deixarem fazer parte desta luta junto com vocês. Muito obrigada”, disse Fernanda. 

Repercussões

Assim que a vacina foi aplicada, muita gente usou as redes sociais para comentar e celebrar o momento. 

O prefeito, Gleidson Azevedo (PSC), avaliou a importância histórica. “Nenhum prefeito entrou num mandato com uma pressão tão grande, de trabalhar com a prefeitura fechada. E hoje entramos para a história com a vacinação”, disse. 

O presidente da Câmara, Eduardo Print Júnior (PSDB), afirmou que o momento entra para a história. “Tivemos um grande desafio de redescobrir como nos amar, como higienizar as mãos com álcool em gel. E agora temos a alegria 

A vereadora Lohanna França (Cidadania) disse que vê neste fato um “respiro de esperança” depois de 124 mortes pela doença apenas em Divinópolis. “Que o dia de hoje, além de um marco, reforce em todos a necessidade da vacinação. Viva o SUS, viva o Butantan, viva a ciência pública brasileira”, disse. 

Chegada

As primeiras 7,2 mil doses da vacina contra covid-19 destinadas à população do Centro-Oeste mineiro foram entregues na manhã desta terça-feira à Superintendência Regional de Saúde (SRS), em Divinópolis. Elas correspondem à primeira e segunda etapas da vacinação. As unidades do imunizantes chegaram por volta das 11h. Estavam em caixas térmicas especiais e lacradas, trazidas em um caminhão que saiu de Belo Horizonte. 

Anúncio feito pela Prefeitura de Divinópolis em rede social (Foto: Reprodução/Instagram)

A SRS é responsável por gerenciar a distribuição a 53 cidades da região macro oeste. O superintendente Júlio Barata afirma que cada etapa do processo foi planejada pelo órgão estadual para permitir receber e entregar as vacinas o mais rápido possível. 

“Alguns municípios ligados à Regional vão receber as doses hoje, e outros amanhã. O município que receber a dose e conseguir se organizar, já está autorizado à vacinação naquela população que tiver maior risco”, explica.

Ainda segundo o superintendente, todos os municípios receberão vacinas. 

“Vamos conseguir vacinar 10.661 pessoas em toda a macrorregião, nos 53 municípios. É muito importante frisar que isso é apenas um primeiro momento, onde a indústria conseguiu produzir essas dozes para todo o Estado. Vamos proteger o grupo mais vulnerável da nossa região. Assim que houver a produção e distribuição de novas doses da vacina, vamos repetir esse processo, esse protocolo, para que chegue a toda a população”, ressalta. 

Aplicações

Serão aplicadas duas doses nas pessoas consideradas prioritárias, dentro do grupo de risco qualificado pelo Ministério da Saúde. O cronograma de distribuição é dividido em três partes. Médicos, enfermeiros e a população idosa serão vacinados primeiro.

A Saúde afirmou na ocasião que a imunização começaria em breve e depois informou o agendamento para o mesmo dia. O cronograma de distribuição é dividido em três partes e segue critérios definidos pelo Ministério da Saúde. Médicos, enfermeiros e a população idosa serão vacinados primeiro. Além disso, pessoas com idades acima de 75 anos que vivem em instituições de longa permanência, como asilos e instituições psiquiátrica também terão prioridade.

A segunda e a terceira fases ainda não foram definidas. Porém, a Secretaria de Saúde de Divinópolis já elaborou um plano de vacinação que inclui até atendimento drive-thru, caso haja vacinas suficientes.

Seringas também chegaram

A SRS já recebeu 392.750 unidades de seringas com agulhas exclusivas para atenderem aos grupos prioritários da campanha de vacinação contra a covid-19. Fornecidos pelo Estado, os componentes foram entregues na tarde de sexta-feira, 15. Outros carregamentos similares deverão chegar ao longo dos próximos dias. 

De acordo com a SRS, a distribuição das seringas às secretarias municipais de saúde serão proporcionais às quantidades estimadas das populações prioritárias residentes nos 53 municípios abrangidos pela Macrorregião Oeste. 

Chegada de carregamento de seringas para vacinação contra covid-19 (Foto: SRS/Divulgação)

Reportagem em atualização.

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert, jornalista formado pela Uemg em Divinópolis e mestrando em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto, em Portugal.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.