Estado trata como precoce abertura de leitos no hospital regional

 

Secretário de Estado de Saúde disse que prazo é pequeno para concluir obras das unidades que estão paradas

O Secretário de Estado de Saúde Carlos Eduardo Amaral tratou, nesta quarta-feira (25), como precoce a abertura de leitos no Hospital Regional em Divinópolis. A demanda foi apresentada por prefeitos do Centro-Oeste ao governador Romeu Zema como estratégia para enfrentamento do novo coronavírus.

O secretário disse que estão avaliando a possível abertura de eleitos dentro do Estado baseado em vários cenários que podem acontecer durante a epidemia. Entretanto, disse que a maioria dos hospitais com obras paradas está com apenas 60% concluída. Em Divinópolis, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) afirma ser 80%.

“Nesse momento parece ser muito precoce pensarmos em retornar essas obras para transforma-los em hospital de campanha”, afirmou.

O Estado que aproveitar estruturas já em operação.

“O que estamos avaliando, caso haja necessidade de abertura de leitos, de estruturas que já estão prontas. Temos um prazo curto que para concluir uma obra grande como essa com certeza não é o caminho neste momento. Precisamos de leitos que entram em operação o mais rápido possível”, avaliou.

Prefeitos do Centro-Oeste pediram a liberação de R$20 milhões que já estão com o Estado para a compra de equipamentos e abertura de até 100 leitos na unidade. O montante é referente a emenda parlamentar do deputado federal Domingos Sávio (PSDB) que foi direcionada exclusivamente para esta finalidade.

O hospital

O hospital tem uma área com 54 mil metros quadrados de terreno, 16 mil de área médica. A estrutura deverá beneficiar 500 mil pessoas. Na primeira fase estão previstos 210 leitos para cirurgias, internações e pronto atendimento, sendo 30 para o Centro de Terapia Intensiva (CTI) adulto e 20 para o infantil.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.