Skip to main content

Greve continua e cidades decretam emergência

Veja reflexo em alguns municípios do Centro-Oeste

Marcelo Lopes

Já chega ao nono dia a paralisação dos caminhoneiros contra os constantes reajustes feitos nas tarifas dos combustíveis. Os protestos estão sendo realizados nas principais rodovias de Minas Gerais.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os motoristas estão protestando em postos de combustíveis localizados nas estradas nas regiões dos quilômetros 119 e 132 da MG-050 e no quilômetro 72 da BR-494, em Cláudio. Os movimentos também prosseguem em Marilândia e Itaúna.

Reflexos em municípios:

Divinópolis

Conforme informado pelo PORTAL nesta segunda-feira (28), foi decretado pela Prefeitura de Divinópolis ponto facultativo nos dias 29 e 30 de maio. Com isso, as atividades em escolas municipais estão suspensas, bem como em outros serviços de administração pública. Devido a esta determinação, a Câmara Municipal também não está em funcionamento e a reunião ordinária desta terça (29), não acontecerá.

Bom Despacho

Em Bom Despacho, após estudos e adaptações realizadas por parte da Prefeitura, o Executivo mantém o funcionamento das escolas municipais até esta quarta-feira (30), assim como parte do transporte escolar.

Em comunicado, a Prefeitura explicou que as rotas acontecerão nos seguintes bairros: Capivari dos Macedos e Imediações; BR 262 e região; Garça, Água do Campo e Imediações, BR 262, Fazenda Olaria e Fazenda Jatobá; Quebra Cocão e Imediações, Fazenda Velha; Vilaça, Salitre, Lagoa Zé Luiz, Pulador e Imediações, Mato Seco.A coleta de lixo também será mantida até o dia 30.

Na cidade, também devido aos reflexos da greve, não será realizado o desfile cívico de 1º de junho. Segundo a Prefeitura, a suspensão é necessária, pois as escolas estaduais estão de recesso forçado, empresas e instituições estão sem combustível e a Polícia Militar está com obrigações extras nestes dias de crise. Mesmo com o contratempo, a programação de aniversário de 106 anos de Bom Despacho está mantida quase totalmente. Até o dia 30 de junho, acontecerão atividades, como, inaugurações de obras e homenagens.

No município, foi decretada situação de emergência. O decreto, segundo a Prefeitura, foi para evitar que serviços essenciais sejam suspensos e a população fique ainda mais prejudicada. O documento também autoriza que veículos oficiais tenham prioridade e abasteçam em qualquer estabelecimento que possua combustível.

Itapecerica

Nesta segunda (28), a Prefeitura de Itapecerica decretou situação de emergência no município, devido a falta de combustíveis causada pela greve.

Segundo ofício assinado pelo prefeito Wirley Reis (PHS), os combustíveis disponíveis no executivo terá a prioridade para pacientes de hemodiálise e outros serviços de emergência.

A coleta de lixo será mantida e as aulas na rede municipal foram suspensas.

Carmo do Cajuru

Em Carmo do Cajuru, também foi decretada situação de emergência. De acordo com decreto publicado pelo prefeito Edson de Sousa Vilela (PSB), a situação está determinada pelos próximos 30 dias e para enfrentar o desabastecimento, foi criado o Comitê de Gerenciamento de Crise, coordenado pelo chefe do Executivo Municipal e que terá o objetivo de monitorar e acompanhar a situação de abastecimento dos serviços públicos.

Nova Serrana

A Secretaria Municipal de Cultura de Nova Serrana informou que em virtude da greve dos caminhoneiros e do feriado de Corpus Christi, as atividades do Centro Cultural Tia Tonha estarão suspensas esta semana até segunda ordem. O retorno das atividades, tão logo seja possível, será comunicado aos alunos.

Formiga

A Prefeitura de Formiga comunicou que as atividades nas escolas municipais e centros de educação infantil serão suspensas nos dias 30 de maio e 1º de junho. As demais áreas continuam funcionando. Na quinta (31) não haverá coleta de lixo, porém é devido ao feriado de Corpus Christi. Quarta (30) e sexta (01) o caminhão deve passar normalmente.

Arcos

Devido a greve dos caminhoneiros, a Administração Municipal montou uma comissão de Gerenciamento de Crise para cuidar dos assuntos pertinentes a paralisação. Em reunião na manhã desta segunda-feira, 28, ficou decidido que:

  • Os Postos de Saúde da Família funcionarão a partir desta terça-feira, 29, até as 12h. Serão realizados apenas atendimentos mínimos devido a falta de medicamentos;
  • O Hospital Municipal São José funcionará normalmente;
  • A Fundação Municipal de Saúde – Fumusa – está atendendo apenas casos de urgência e emergência;
  • Ambulâncias municipais e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu – estão funcionando normalmente, pois foi feita reserva de combustível para garantir a prestação de serviços de urgência e emergência;
  • A partir desta terça-feira, 29, não haverá aulas nas escolas municipais, pois falta gás, merenda e transporte para os alunos. Além disso, há professores que trabalham na rede municipal de ensino que moram em outras cidades e também estão sem combustível para se deslocarem;
  • O almoxarifado funcionará a partir desta terça-feira, 29, em regime de sobreaviso. Os funcionários estão sem transporte e não há diesel para as máquinas funcionarem;
  • O Lactário Municipal está fechado desde a manhã desta segunda-feira, 28;
  • Foram cortadas viagens para fora da cidade;
  • A Secretaria de Integração Social está atendendo apenas serviços mínimos;
  •  coleta de lixo continuará normalmente, pois ainda há diesel para manter os caminhões funcionando.

Como detalhado, a comissão decidiu manter em funcionamento apenas os serviços essenciais. O Prefeito Denilson Teixeira também solicitou escolta policial ao capitão da Polícia Militar, César Henrique Bittencourt, para que um caminhão tanque vá até a refinaria em Betim buscar combustível para manter os serviços essenciais funcionando, a exemplo das ambulâncias municipais, do Samu, e as viaturas policiais.

Piumhi

A Prefeitura de Piumhi decretou emergência devido também ao desabastecimento. Foram suspensos serviços de aulas da rede municipal, o transporte escolar e obras que necessitem do apoio de máquinas do erário municipal, exceto as de caráter emergencial.

No decreto está priorizado o abastecimento para transportes essenciais, como os de urgência e emergência.

Nova redução

A Petrobras, pela quinta vez consecutiva, anunciou uma nova redução no preço do litro da gasolina nas refinarias a partir desta terça (29). O valor do combustível será de R$ 1.9526. Em comparação com o preço que estava em vigor até esta segunda (R$ 2,0096), a redução representa uma queda de 2,83%

Marcelo Lopes

Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Leave a Reply