Guarani anuncia novo treinador para a reta final do Módulo II

Adriano Ricardo tem a missão de comandar o Bugre, nas duas últimas rodadas da primeira fase, na competição

A diretoria do Guarani anunciou, nesta sexta-feira (23), que Adriano Ricardo assume o comando da equipe, para as duas próximas e últimas partidas, válidas pela primeira fase do Módulo II do Campeonato Mineiro.

Na goleada sofrida, contra o Athletic, por 4 a 1, pela nona rodada, nesta última quarta-feira (21), a equipe foi comandada pelo técnico interino, Flávio Milton da Silva, que acabou sendo expulso, durante a partida. Com isso, o clube informou que após o fato, se mobilizou para procurar, no mercado, um nome que atendesse as atuais necessidades.

“Em contato com a CBF, o clube consultou quem seriam os profissionais da região cadastrados, que poderiam comandar o clube à beira do campo. A diretoria salienta que não havia tempo hábil para a contratação de um técnico de fora, por conta dos trâmites e protocolos exigidos pela Federação Mineira de Futebol”, comunicou o Guarani.

Ainda segundo o clube, Adriano Ricardo, natural de Oliveira, possui, no currículo, vários cursos de treinador, em São Paulo e a licença B da CBF. Em nota, o Guarani também declarou que confia na capacidade do novo técnico, para comandar a equipe.

Com isso, Flávio volta para a função de preparador físico do clube. O próximo jogo do Guarani é neste sábado (24), contra o Nacional de Muriaé, em Divinópolis, às 15h, em partida válida pela décima rodada da primeira fase, a qual, a equipe também terá pela frente, o Ipatinga, fora de casa, como o último compromisso, em 31 de outubro.

O Bugre está na oitava colocação, com 10 pontos somados. Para garantir a permanência no Módulo II, o Guarani precisa, no mínimo, somar quatro pontos, nas próximas duas partidas.

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.