Guarani é goleado em casa e se complica no Módulo II

Clube divinopolitano foi derrotado pelo Athletic, no Farião, por 4 a 1, em jogo válido pela nona rodada

Em seu primeiro jogo, em Divinópolis, após o retorno do Módulo II do Campeonato Mineiro, o Guarani foi goleado, por 4 a 1, pelo Athletic, em partida válida pela nona rodada, nesta quarta-feira (21). O Bugre foi treinado por Flávio Milton da Silva, preparador físico da equipe, que substituiu Antônio Freitas, demitido.

O Athletic abriu o placar durante o início da partida, na primeira cobrança de escanteio dos visitantes. Igor Bádio, aos seis minutos, marcou com facilidade, após falha da defesa.

Minutos depois, o Guarani reagiu, correu mais e empatou o jogo. Em jogada com Pedrinho, Robinho testou para as redes, para fazer 1 a 1. Este foi o primeiro gol do Guarani, desde o dia 29 de fevereiro, quando Jonas Marques marcou o único gol da vitória contra o Mamoré, pela quarta rodada.

Mais intenso, ofensivamente, após o empate, o Guarani buscou sair na frente do placar, porém parou nas mãos do goleiro Jeferson, que fez defesas importantes. Apesar do esforço, maior do que nos últimos dois jogos, no segundo tempo, as mesmas falhas defensivas permaneceram. Melhor para o Athletic e Michael Paulista, que fez 2 a 1 para a equipe de São João del-Rei, aos 14 minutos.

O Athletic marcou o terceiro em uma cobrança de falta e neste lance, foi confirmada a lei do ex, no Farião. Kauê fez a cobrança, a bola passou pelos jogadores e foi direto para as redes, aos 28 minutos. O volante, que atuou pelo Bugre e foi campeão do Módulo II, em 2018, não comemorou o tento.

Aos 30 minutos, o passeio continuou no Farião. A equipe visitante aproveitou o erro na saída de bola e Michael Paulista fez o seu segundo gol no jogo e o quarto do Athletic. O Guarani poderia diminuir a diferença, pois João Pedro sofreu penalidade máxima, aos 31 minutos da etapa final, mas Pedrinho finalizou no travessão.

O Guarani teve Flávio Milton da Silva, expulso. O treinador levou dois cartões amarelos, após discussões com a equipe de arbitragem. Já o Athletic perdeu Julio, que foi expulso, após uma entrada forte no adversário.

Próximo compromisso

Após a volta da paralisação, o Guarani sofreu três derrotas em três jogos, com um gol marcado, nove sofridos e dez pontos somados, estando, momentaneamente, na oitava colocação. Desde o início do campeonato, o Guarani sofreu 16 gols, fato o qual o qualifica como a pior defesa da competição.

Agora, o clube divinopolitano tem duas partidas pela frente, sendo a próxima, contra o Nacional de Muriaé, às 15h, neste sábado (24), no Estádio Waldemar Teixeira de Faria e contra o Ipatinga, no dia 31 de outubro, fora de casa, para encerrar a primeira fase. 

Para garantir a permanência no Módulo II e escapar do rebaixamento, o Bugre precisa, pelo menos, somar quatro pontos, nestas partidas.

Com a vitória, o Athletic vai a 18 pontos e segue na vice liderança da competição. O próximo jogo do time será contra o Democrata GV, às 15h, neste sábado.

Ficha técnica: Guarani 1×4 Athletic Club

Guarani: Gustavo Marques, Arisson, Guilherme (Jacone), Batista, Renan, Mancha, Thiago (Bruno Henrique), Pedrinho, Robinho (Jonas Marques), Jorginho (Lucas) e Marcus Bastos (João Pedro). TEC: Flávio Milton da Silva.

Athletic Club: Jeferson, Igor Nunes, Danilo, Vinicius, Nathan (Julio), Kauê (Hudson), Ágabo (Thomas), Ingro (Alason, Pedrinho), Willian Mococa, Igor Bádio e Michael Paulista. TEC: Cícero Junior.

Cartões amarelos

Guarani: Mancha, Guilherme, Bruno Henrique, Arisson, Flávio Milton da Silva (2x) e Gustavo Marques

Cartão vermelho

Athletic: Julio

Módulo II – Nona Rodada

Guarani 1×4 Athletic

Betim 1×0 Tupi

Ipatinga 2×3 Pouso Alegre

Nacional de Muriaé 1×2 Mamoré

Democrata GV 1×0 Democrata SL

Serranense 0x1 CAP Uberlândia

Foto de capa: Athletic/Divulgação

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.