Justiça defere candidatura de Galileu após pedido de impugnação do MPE

Órgão alegou que todas as condições legais foram preenchidas dentro do prazo

O atual prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado (MDB), teve a sua candidatura à reeleição, deferida pela Justiça Eleitoral.

No início do mês, o candidato recebeu o pedido de impugnação de seu pleito, através do Ministério Público Eleitoral, por irregularidades na lista de documentações da sua chapa.

Na decisão, publicada pela Justiça Eleitoral, o registro da candidatura de Galileu teve todas as condições legais preenchidas para o pleito, com a juntada de todos os documentos exigidos pela atual legislação.

Segundo o órgão, “o pedido veio instruído com a documentação exigida pertinente e publicado o edital, transcorreu o prazo, sem impugnação”.

Assim, “as condições de elegibilidade foram preenchidas, não havendo informação de causa de inelegibilidade”, finalizando a Justiça Eleitoral, na sentença sobre o caso.

Com a de Galileu, são, até o momento, oito candidaturas ao Executivo, deferidas pela Justiça Eleitoral. A chapa de Professora Maria Helena (PT), ainda aguarda julgamento.

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.