Skip to main content

Lagoa da Prata: Robô entrega medicamentos em 30 segundos

By 11/11/2022Gerais

Após estreia em Minas Gerais, meta é ampliar inovação pelo país; Gramado (RS) também conta com a tecnologia

Após a estreia do primeiro robô no varejo farmacêutico de Minas Gerais, que seleciona os medicamentos e os entrega no balcão da farmácia em até 30 segundos, a BD, uma das maiores empresas de tecnologia médica no mundo, segue com uma meta agressiva para ampliar a inovação pelo país.

Chamado BD Rowa, o robô começou a operar na Drogaria Minasprev, em Lagoa da Prata, no final de setembro. Em outubro, a tecnologia foi implantada pelas Farmácias Associadas, em Gramado (RS) e, em breve, chegará ao varejo farmacêutico do Paraná.

O robô apresenta uma série de funcionalidades que torna a operação de gerenciamento automático de medicamentos mais ágil e eficiente, abrangendo recebimento, armazenamento, dispensação e controle de produtos, incluindo o nível do estoque e as datas de vencimento.

A automação vem ao encontro dos avanços do varejo farmacêutico, impulsionados pela pandemia. Vendas online e serviços de entrega em domicílio levaram farmácias e drogarias a se adaptarem às novas tecnologias disponíveis no mercado, tanto para organização e controle interno, como, principalmente, para melhorar a experiência dos clientes.

O processo de seleção e entrega dos produtos chega a ser até 22 vezes mais rápido em comparação à operação manual. Enquanto isso, os atendentes ganham mais tempo para acolher os clientes, praticar a escuta ativa e orientá-los, o que faz toda a diferença para a jornada de tratamento das pessoas, segundo especialistas do mercado.

Para Erico Ricardo Matucuma, diretor do grupo Minasprev, a tecnologia soma à missão de estar ao lado das pessoas em todos os momentos da vida, oferecendo benefícios e experiências com valor agregado.

“Tudo que fazemos é pensando no bem-estar dos nossos clientes e associados. Com a ampliação da loja matriz da Drogaria Minasprev, oferecemos mais conforto, um mix ainda maior de produtos e, com o robô, teremos condições ainda melhores de prestar um serviço de excelência e humanizado aos clientes. O que era bom vai ficar muito melhor”, comenta.

“Os atendentes e farmacêuticos passam a cumprir melhor o seu papel na atenção primária à saúde e os clientes recebem maior acolhimento. É a tecnologia a favor da humanização dessas relações”, afirma Walter Baxter, CEO da BD.