Skip to main content

Mais de 40 notificações foram aplicadas em Furnas

 

Foram aplicadas 41 autuações em pessoas que não comprovavam residência ou trabalho essencial na região de Furnas, em Formiga. Uma barreira sanitária foi instalada no local. Os dados são referentes até esta quarta-feira (24/3).

Segundo o decreto 8.705/2021, estão proibidas a locação de imóveis e espaços privados para realização de eventos particulares ou veraneio, bem como a realização de eventos, festas, comemorações ou inaugurações presenciais, públicos e privados, inclusive de pessoas da mesma família que não moram juntos.

Sendo assim, nesse momento, orienta-se que apenas as pessoas comprovadamente residentes, proprietários ou trabalhadores de atividades essenciais se dirijam às casas localizadas em sítios e ou balneários do nosso município.

“Caso a pessoa seja parada, na barreira sanitária, ela precisa apresentar um documento que comprove uma dessas situações, como escritura, contrato prolongado de aluguel, boletos, conta de luz e contrato de trabalho”, explica a diretora municipal de Vigilância Sanitária, Ana Carolina Castro Oliveira.

Ainda de acordo com Ana Carolina, inclusive filhos e netos de proprietários dessas casas de veraneio devem comprovar tal condição.

Quando a pessoa não estiver em porte de tais documentos, ela terá duas opções: Retornar e buscar este comprovante ou seguir adiante com a autuação de multa e, posteriormente, dentro de 5 dias consecutivos, apresentar comprovante para cancelar a autuação.

O comprovante deve ser entregue na Vigilância Sanitária, de segunda à sexta-feira, de 8 às 11h ou de 13h às 16 horas.

Leave a Reply