Matheus Costa ficará fora das eleições deste ano

Vereador anunciou que não tentará a reeleição e que se dedicará a iniciativa privada a partir do próximo ano

O vereador de Divinópolis Matheus Costa (Cidadania) anunciou, neste sábado (12), após convenção do partido, que não irá tentar a reeleição. Costa assumiu, em 2019 a cadeira deixa pelo deputado estadual Cleitinho Azevedo (Cidadania). Em nota, ele afirmou que irá se dedicar a iniciativa privada.

“Recebi uma proposta irrecusável na iniciativa privada e vou me dedicar a esse novo projeto nos próximos anos. Quem acompanhou nosso trabalho sabe que não fugi de nenhuma luta, melhor dizendo, quando tínhamos uma batalha eu entrava ainda com mais raça. Quase todos os dias era o primeiro vereador a chegar e o último a sair da Câmara. Com muita dedicação me doei a essa oportunidade de servir minha cidade e continuarei à disposição no que for possível contribuir”, afirmou.

O vereador ainda disse que atuará na campanha do pré-candidato a prefeito Fabiano Tolentino (Cidadania). O nome do ex-deputado federal foi homologado em convenção, neste sábado (12).

“Com as últimas mudanças que aconteceram da nossa chapa para prefeito, foi me passado a responsabilidade de colaborar com a campanha que será a mudança com responsabilidade que Divinópolis precisa”, decalrou.

Costa ainda apresentou um balanço do mandato.

“Durante nosso mandato foram 12 projetos de lei, 30 horas de pronunciamento e mais de 500 proposições e cobranças. Conseguimos aprovar projetos com viés anticorrupção, de transparência e lisura com os gastos públicos, criamos também em Divinópolis a Câmara Jovem, que deu voz a juventude da nossa cidade. Conseguimos por meio das nossas propostas, reduzir o salário dos vereadores (não o quanto queríamos), mas deixamos o exemplo, propus também a redução de R$ 20 milhões nos custos gerais da Câmara por mandato, mas o sistema venceu pela cumplicidade. Por fim, aprovamos o primeiro projeto na história de Divinópolis que visa à proteção animal, além da criação de um banco de rações e utensílios”, listou e agradeceu:

“Agradeço a você que comentou e compartilhou nosso trabalho durante esse tempo, Deus me capacitou e colocou vocês ao meu lado para que eu conseguisse chegar até aqui.  No presente, a sensação de dever cumprido. No futuro, a esperança de que essa é apenas uma vírgula em nosso trajetória. Na consciência, a certeza de que fiz o meu melhor. Muito obrigado a cada um de vocês e que Deus nos abençoe”.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.