Skip to main content

Motorista do Samu é afastado após acidente que matou homem

By 10/11/2022novembro 11th, 2022Gerais

Ambulância transportava recém-nascido que havia se engasgado; Cis-Urg diz estar dando apoio à família do motociclista

O motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que se envolveu em acidente, nesta quinta-feira (10/11), em Divinópolis (MG), foi afastado do cargo. A ambulância bateu em uma moto durante um resgate e um recém-nascido que havia se engasgado. O motociclista, de 29 anos, morreu.

O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Pernambuco com Bahia, no centro da cidade. O motorista da ambulância descia a Pernambuco, com a sirene ligada, quando bateu na moto que atravessava a via.

O recém-nascido, que seria levado para a Sala Vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) e os profissionais que estavam no veículo não se feriram. Outra equipe foi acionada para dar sequência ao atendimento.

Afastamento

O afastamento do profissional foi confirmado, nesta quinta (10/11), pelo o secretário-executivo do Cis-Urg Oeste – órgão que gerencia o Samu, José Márcio Zanardi. Ele lamentou o ocorrido e se solidarizou com a família da vítima.

Em nota, a diretoria do Samu, informou que o veículo está com a manutenção em dia, que o condutor é profissional concursado e ingressou no serviço em março deste ano. A documentação dele, para o exercício da função, está em dia, assim como os cursos e treinamentos.

Mencionou também o item 35 do protocolo operacional padrão dos condutores, que diz:

“Use com cautela a prioridade de trânsito. O condutor deve parar nos cruzamentos e semáforos. Só prossiga se tiver segurança com devido uso de sinais luminosos e sonoros””, disse em nota.

Um processo administrativo disciplinar se instaurado para apurar a atuação do profissional.
O Cis-Urg está dando apoio a equipe envolvida no acidente e o jurídico à família da vítima.