MPMG deflagra 4ª fase de operação que investiga roubo de cargas e caminhões

11 dos 21 investigados já se encontravam recolhidos em unidades prisionais de Divinópolis, Uberlândia, Itumbiara, em Goiás e Araraquara, no interior de São Paulo

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), de Uberlândia, a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e Comando de Operações de Divisa (COD) da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), deflagraram nesta quarta-feira, 14 de outubro, a 4ª fase da Operação Torre de Babel, que investiga, entre outros crimes, o roubo de caminhões e cargas, praticados por organizações criminosas que atuavam no Triângulo Mineiro e Sul de Goiás.

Foram expedidos 30 mandados de prisão preventiva, em face de 21 investigados, dos quais 11 já se encontravam recolhidos em unidades prisionais de Uberlândia, Divinópolis, Itumbiara (Goiás), e Araraquara, no interior de São Paulo. Três policiais militares estão entre os investigados presos.

Nessa fase, foram presos integrantes de um consórcio criminoso que praticou inúmeros roubos a veículos de carga na região. A operação foi deflagrada nas cidades de Uberlândia, Itumbiara e Goiatuba.

A operação contou com a participação de dois promotores de Justiça do Gaeco, 37 policiais Militares de Minas Gerais e oito de Goiás.

Segundo o Gaeco, os números finais da operação serão divulgados assim que forem encerradas as diligências que estão em andamento.

A 1ª fase desta Operação foi deflagrada no dia 10 de outubro de 2019.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.