Padaria desaba com explosão de gás e deixa um morto

Acidente atingiu lojas e residências próximas ao local; A área está interditada

Um jovem, de 22 anos, morreu após uma explosão ser registrada em uma padaria, durante a manhã desta quinta-feira (07), no centro de Formiga. O fato ocorreu na Avenida Guiomar Garcia Neto.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, no local, o proprietário informou que no imóvel, estava a vítima, que era funcionária do estabelecimento e que costumava chegar naquele horário, para ascender as luzes e preparar os fornos, para assar os pães.

Os militares encontraram dois botijões industriais intactos no local e a princípio, se acredita que a explosão pode ter sido causada por um vazamento, mas a motivação deverá ser constatada, de fato, após os trabalhos da perícia.

O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local, embaixo dos escombros do imóvel, que ficou com toda estrutura prejudicada e desabou. Os Bombeiros aguardaram o trabalho pericial para remover o corpo, que foi liberado para o sepultamento.

Ainda de acordo com os militares, o fato também atingiu residências e lojas próximas do imóvel. A área está interditada e permanecerá assim até a conclusão dos trabalhos periciais e da Defesa Civil. A população que vive perto da padaria atingida, foi orientada em não mexer em nada em que estiver soltando, caindo ou quebrando.

Nota

A prefeitura de Formiga encaminhou uma nota, nesta quinta, sobre o caso e comunicou quee m 09 de setembro deste ano, deu entrada na Secretaria Municipal de Fazenda, um pedido de alvará de funcionamento para um dos estabelecimentos comerciais que foram atingidos pela explosão. De acordo com o Executivo, a solicitação refere-se ao empreendimento, que estaria prestes a ser inaugurado no andar de cima do imóvel, o qual abrigaria restaurante, lanchonete, casa de chá, sucos e similares, que estavam em fase de planejamento.

“No andar de baixo do imóvel, já encontrava-se em funcionamento uma padaria que, embora para a qual não houvesse qualquer pedido de ato público de liberação, sendo eles, autorização, concessão, alvará, entre outros, não seria necessário em razão da Lei Federal nº 13.874, recentemente publicada (20 de setembro de 2019), que trata da liberdade econômica e, em seu art. 3º dispensa os referidos atos públicos, uma vez que são consideradas atividades de baixo risco as desenvolvidas naqueles locais. A Administração Municipal informa que já tomou as providências sobre a limpeza e a liberação do trânsito no local. O Executivo lamenta o ocorrido e se solidariza com a família do funcionário que perdeu a vida no estabelecimento”, disse o Município.

Imagens: Redes Sociais

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.