Parada LGBTQi+ ressalta a importância do afeto e da cultura

Virada Cultural e Festival Gastronômico se tornam parte da programação; Dois dias a mais de programação cultural são acrescentados

Ayllana Ferreira

A 16ª Parada do Orgulho LGBTQi+ acontecerá nos dias 13,14 e 15 de setembro em Divinópolis. O evento, que já é tradição na Cidade, divulga a programação estendida pela primeira vez. Ao invés de apenas um dia com muita diversão e programação cultural, que foi o padrão até então, serão três dias de evento.

José Marcelo David, presidente do Movimento Gay de Divinópolis e um dos organizadores, conta que a iniciativa busca suprir uma ausência cultural que existe na Cidade, e espalhar afeto em um cenário político em que as conquistas de direitos da comunidade estão, de certa forma correndo risco.

“A cultura não só traz a educação, como também fortaleço os laços entre os artistas e as pessoas que vão assistir. Tentamos transformar nossa arte de apresentar em Cultura. A gente pretende unir forças para que a gente tenha uma luta, daqui para frente, mais sólida”, explicou.

Com o tema, Sempre pelo afeta, o Festival Gastronômico dos Carros de FOOD Truck’s & Barracadas e a Virada Cultural se unem para fazer parte do acontecimento e proporcionar uma tarde ainda mais especial. Toda a programação musical, que tem dos mais variados gêneros, é composta por artistas voluntários, e tem intuitos filantrópicos. As vendas de camisas na Parada, por exemplo, serão convertidas em doações para a Casa de Apoio Irmã Scheilla, que abriga pessoas com HIV e Câncer. “Precisamos amar mais, cuidar de todas as pessoas”, finalizou.

3 dias de evento

No primeiro dia de Parada, o Festival Gastronômico faz a abertura no Palco Tenda Afeto às 18 horas. Haverá música dos anos 70/80/90, MPB, Bingo Beneficente, entre outros. Todos os dias da programação acontecerão no final da Rua Pitanguí, no Mercado Distrital.

No segundo dia, 14, intitulado como Sábado Cultural, tudo começa às 8h30. Tem participação de faculdades e ONG’s, oficinas, espaço para criança, muita música, comidas do festival e respeito. A previsão de encerramento é a 1 hora da manhã do último dia.

No último dia de evento, o foco principal é o Movimento LGBTQi+. A abertura e concentração da Parada começa às 12 horas, com show de Drags e Dj e enceramento da cantora Livvia Bicalho.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.