Skip to main content

PC prende homem suspeito por homicídio ocorrido em Mateus Leme

Em Mateus Leme, região Central do estado, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a operação Justiceiro do Bairro Central, na última sexta-feira (20/5), decorrente de investigação sobre homicídio ocorrido no dia 8 de agosto de 2021. Um homem, de 39 anos, foi indiciado por homicídio qualificado e preso pelo crime.

À época dos fatos, um homem, de 37 anos, foi morto com sete disparos de arma de fogo. De acordo com levantamentos, o investigado acreditava que a vítima teria estuprado uma criança, de 7 anos. Por isso, o suspeito, acompanhado pela esposa, conteve o homem de 37 anos enquanto a mulher ligava para a Polícia Militar solicitando apoio. Durante a ligação, é possível ouvir o disparo de arma de fogo, tendo a esposa do investigado desligado o telefone. Ainda em análise do áudio da ligação, é possível escutar a vítima implorando pela vida. O local onde ocorreu o homicídio fica a poucos metros da casa do investigado.

Levantamentos apontam que, em um episódio anterior, o investigado teria ameaçado o tio da esposa com uma arma de fogo, tendo o acusado de estupro e pedofilia. Na ocasião, a sogra do suspeito interveio e desferiu pauladas no homem de 39 anos, permitindo que a vítima conseguisse fugir.

Segundo a equipe que investigou o caso, o suspeito possui passagem criminal por tráfico de entorpecentes, sendo bastante temido no bairro.

O inquérito foi concluído com o indiciamento do investigado por homicídio qualificado.