Skip to main content

PCMG indicia suspeito de feminicídio em Nova Serrana

By 13/10/2022Gerais

Crime aconteceu na madrugada do dia 30 de setembro, quando o suspeito efetuou seis disparos contra a vítima, após uma discussão

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) indiciou, na última sexta-feira (7/10), um homem de 26 anos, suspeito de matar, com seis tiros, a companheira, de 25, na porta de um bar na cidade de Nova Serrana, região Centro-Oeste do estado. O casal tinha três filhos pequenos.

O crime aconteceu na madrugada do dia 30 de setembro, por volta das 5h, quando o suspeito efetuou seis disparos contra a vítima, após uma discussão. Ele fugiu em seguida, em um veículo que estava estacionado próximo ao local. Chegando a cidade de Igaratinga, roubou uma picape de uma empresa da região para continuar a fuga.

Prisão

Por conta do roubo, a Polícia Militar foi acionada e conseguiu realizar um cerco e interceptar o veículo. O suspeito não resistiu à abordagem, e de imediato confessou que havia roubado o veículo para fugir, pois havia acabado de matar a própria companheira na cidade de Nova Serrana. A arma do crime, uma pistola israelense 9mm, foi encontrada no veículo.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Delegacia Regional em Nova Serrana pelos crimes de roubo e, inicialmente, pelo homicídio da companheira. Na delegacia, ele também confessou aos policiais o crime. Porém, durante a oitiva, o suspeito preferiu ficar em silêncio.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Thaís Duarte Batalha, diante da não confissão do suspeito, coube à equipe de investigadores e à perícia técnica reunir o maior número possível de informações e provas, incluindo a oitiva de várias testemunhas, para elucidar os fatos. “Confirmamos a autoria após o exame de microcomparação (confronto balístico entre o material coletado na cena do crime com a arma apreendida com o suspeito) apontar se tratar da mesma arma”, revelou a delegada.

O suspeito foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.