Skip to main content

Primeiro projeto digital da história da Câmara de Divinópolis é votado

By 20/09/2022Política

Tendo a inovação como marca presente do mandato, presidente Eduardo Print Júnior destaca a economia com a digitalização dos processos internos.

Os vereadores de Divinópolis (MG) aprovaram, nesta terça-feira (20/9), o primeiro projeto 100% digital da história da câmara.

Com a proposta de digitalizar e inovar os processos legislativos desde o início do ano passado, o vereador e presidente Eduardo Print Júnior (PSDB) comemorou a novidade.

“Fui eleito presidente da Câmara e defini duas palavras como primordiais para o sucesso do mandato: austeridade e inovação. Temos um imenso potencial tecnológico e vamos aproveitá-lo. Tomamos várias medidas de 2021 para cá que culminaram numa economia de R$752 mil, que foram devolvidos aos cofres públicos ao final do ano passado. E isso passa diretamente pelos métodos de inovação que implantamos, como a votação por tablets, a compra de um novo painel para o plenário e o sistema interno ligado diretamente ao Senado Federal”, afirmou Print Júnior.

Um dos grandes responsáveis pela mudança é o diretor de informática da Câmara, Márcio Vilas Boas, que detalhou a importância dessa conquista para um órgão público.

“Cada etapa exige diferentes questões. Implantamos, por exemplo, a assinatura digital para os projetos de leis, requerimentos e indicações, que vem sendo um sucesso e facilitou muito a comunicação entre Câmara e Prefeitura. A adesão ao Governo Digital foi um grande ganho, uma vez que várias cidades de Minas Gerais têm nos visitado em busca de informações, para verem detalhadamente como funciona nosso trabalho de inovação”.

Ainda segundo o oresidente, à medida que a Câmara se torna mais digital, ela se aproxima ainda mais da população.

“É uma via de mão dupla em que todos saem ganhando. A população consegue ter um acesso ainda mais rápido e fácil sobre tudo que é realizado na Câmara através do Sistema de Apoio ao Processo do Legislativo e das redes sociais. Consequentemente, conseguimos passar a informação de uma forma mais didática, completa e gerando economia para a cidade. Definitivamente, estamos fazendo história”, conclui o presidente Eduardo Print Júnior.