Skip to main content

São João de Deus comemora 54 anos com mais de 730 mil procedimentos em 2021

By 20/06/2022Gerais

Relembrando começo promissor e visionário, a diretoria comemora o crescimento da produção do complexo, que foi reconhecido como um dos maiores de Minas Gerais no ano passado

Celebrando os seus recém completados 54 anos, fazendo história não só em Divinópolis, mas também em toda a região Centro Oeste de Minas Gerais, o Complexo de Saúde São João de Deus comemora sua nova fase e colhe frutos de seu crescimento vertiginoso. A Escola Técnica de Enfermagem também celebra seus 56 anos, com o objetivo de qualificar e capacitar ainda mais profissionais para atuarem na área da saúde.

Inaugurado no dia Primeiro de Junho de 1968, com o propósito de se tornar um dos melhores hospitais filantrópicos do país, o São João de Deus teve a sua história intimamente escrita e desenvolvida junto a Divinópolis. O complexo que se tornou referência na região e hoje destina 82% dos seus atendimentos para o SUS, foi construído e planejado com um olhar já visionário, como destaca a sua diretoria

“A visão da direção que estava à frente da construção do Hospital é impressionante. As pessoas acreditavam que a Escola de Enfermagem havia sido construída depois da inauguração do São João de Deus, mas não foi assim. Eles pensaram antes na mão de obra, na qualificação, no atendimento que seria oferecido à população, uma inovação para aquela época onde realmente não existia profissionais capacitados”, comentou a Diretora Presidente, Elis Regina Guimarães.

Elis Regina diretora presidente do CSSJD (Divulgação/CSSJD)

A construção não só de um dos maiores hospitais filantrópicos no estado, mas também de uma escola técnica, onde era oferecido qualidade e profissionalização para os alunos, se tornou o pilar para o crescimento não só do mesmo, mas também da cidade, com a geração de novos empregos. A técnica de enfermagem, Sandra Helena da Cruz Silva, que se formou na Escola Técnica, destacou a importância da sua passagem pela escola

“Eu estudei na escola e tive logo em seguida a oportunidade de trabalhar aqui no hospital. Foi uma oportunidade muito importante não só pra mim, mas pro sustento da minha família. Eu já trabalho aqui na instituição há 21 anos, gosto muito do que eu faço e trabalho com amor”, comentou Sandra.

 

A escola de enfermagem foi inaugurada antes do hospital (foto: Divulgação/CSSJD)

Com oportunidades para novos profissionais, além dos formados na escola, a instituição atraiu também profissionais vindos de outros estados, assim como o médico oncologista e Diretor Técnico, Dr. Eliseu Albertin Teixeira, que veio de São Paulo para atuar no município

“Eu me mudei para Divinópolis em 2000 e tive a oportunidade de crescer junto com o São João de Deus. Vi essa instituição se tornar referência, e principalmente, começar a ter o impacto regional e nacional que nós temos hoje. Os nossos números são muito expressivos e realmente mostram o Complexo sério e responsável que nós somos e merecemos ser reconhecidos”, destaca o Diretor.

O crescimento vertiginoso acompanhou o crescimento do Complexo e da Escola durante esses mais de 50 anos de história e cuidado com a vida humana. Mesmo com os últimos desafios enfrentados pelas últimas diretorias, e principalmente pela gestão atual, o Hospital no último ano realizou 738.910 procedimentos, sendo 505.156 via SUS. Já nas cirurgias, incluindo os partos, foram 18.852, sendo 11.201 por meio do SUS.

 

Dr. Eliseu atua desde 2000 no CSSJD (Foto: Divulgação/CSSJD)

A diretoria comemora os números expressivos e visionários mas ainda pede o apoio da população e empresários para tornar o hospital referência nacional

“O São João de Deus precisa ser mais reconhecido, abraçado mesmo pela população. Por mais que ele tenha passado por dificuldades, teorias de desvios, isso não significa que nós somos assim mais. Nós temos profissionais sérios, transparência, compromisso, tanto é que nós fomos um dos hospitais mais reconhecidos em termos de produção no estado”, destaca Elis Regina.

O complexo recentemente conquistou o seu CRF – Certificado de Regularidade do FGTS e Pronom, e agora também pode receber doações através do Imposto de Renda. Os planos para os próximos anos são se desenvolver cada vez mais, levando saúde e qualidade de vida para os seus pacientes.

Ana Flávia Dias

Jornalista formada na UEMG unidade Divinópolis.