Secretária será convocada para explicar “apadrinhamento” de cargos na prefeitura

Requerimento foi aprovado por unanimidade; Convocação ocorreu após declarações de conselheiro de que vereadores têm cargos da prefeitura

Os vereadores de Divinópolis aprovaram, nesta terça-feira (03), por unanimidade, o requerimento convocando a secretária de Fazenda, Susana Xavier para explicar as declarações de um conselheiro fiscal do Diviprev. Na reunião que aprovou o parcelamento do débito do município com o instituto de previdência, Bruno Alves Camargos acusou os parlamentares de “terem um grande número de comissionados na prefeitura”.

A convocação foi mobilizada pelo vereador Matheus Costa (Cidadania) e teve apoio principalmente da oposição. O caso ganhou repercussão após o vereador Sargento Elton (Patriota) dar publicidade à ata da reunião. Ele leu um trecho dela em que o conselheiro teria dito: “As cobranças deveriam ser dirigidas aos vereadores, os quais tem grande número de cargos comissionados na prefeitura”.

No entendimento da oposição, o conselheiro atribuiu a culpa da prefeitura estar “quebra” e à necessidade do parcelamento, ao apadrinhamento de cargos.

A publicidade da ata teve reflexo imediato em plenário. Costa, assim como Janete Aparecida (PSD), questionou quais são os vereadores que possuem cargos na prefeitura. Com a convocação, eles querem que a secretária “dê nomes aos bois”.

O presidente em exercício, Marcos Vinícius (PROS) pediu que o setor responsável faça a convocação. A data ainda não foi divulgada. A previsão é de a reunião ser realizada em até 10 dias. O conselheiro também foi convocado.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.