Seis cidades do Centro-Oeste recebem novos delegados

Algumas cidades estavam sem delegados desde fevereiro deste ano; Expectativa é que haja novas nomeações em 2020

Foram apresentados, na manhã desta terça-feira (22), pela Polícia Civil, os 07 novos delegados que foram disponibilizados para o 7º Departamento, com sede em Divinópolis.

Os profissionais estiveram entre os os 79 incorporados à PC, após se formarem em um curso na Academia de Polícia Civil (Acadepol), em Belo Horizonte. A formatura ocorreu na última quinta-feira (17).

Divisão

Com a nomeação, os novos delegados, que já estão atuando na função, ficaram da seguinte maneira:

– Clayton Ricardo da Silva – Delegacia Regional de Nova Serrana;

– Patrick Carvalho Silva – Delegacia de Pitangui (pertencente à regional de Nova Serrana);

– Matheus Luiz de Faria – Delegacia de Cláudio (pertencente à regional de Divinópolis);

– Camila Aparecida Pires – Delegacia de Mulheres de Nova Serrana;

– Ana Paula Rodrigues de Oliveira – Delegacia Regional de Divinópolis;

– Douglas Taveira Lemos de Oliveira – Delegacia de Papagaios (pertencente à regional de Pará de Minas);

– Giuseppe Schetinni Iennaco – Delegacia de Martinho Campos (pertencente à regional de Bom Despacho);

Segundo o chefe do 7º Departamento, Flávio Destro, a distribuição dos novos profissionais foi determinada pela Chefia de Polícia Civil, a partir de um estudo técnico, elaborado pela superintendência de investigação da Polícia Judiciária, juntamente com o gabinete. O diagnóstico foi feito com base em dados estatísticos e as cidades que receberam o delegado de polícia, foram aquelas que mostraram uma maior necessidade. Com os recém chegados, a região conta com 47 delegados no quadro.

“Primeiro aquelas (cidades) que estavam sem, tem que haver delegados nas comarcas que estavam desprovidas e algumas delegacias regionais, que também possuíam esse déficit, receberam esse aporte, como foi no caso de Divinópolis, que recebeu um profissional e Nova Serrana, que recebeu dois agora”, explicou.

Novos delegados

Apresentação foi realizada na manhã desta terça-feira (22) – Foto: Marcelo Lopes/Portal Gerais

A delegacia regional de Divinópolis recebeu dois novos delegados, sendo uma para a cidade e o outro para a comarca de Cláudio. Sobre esta situação, o delegado Leonardo Pio afirmou que a estrutura de trabalho passa a ser ainda mais qualificada.

Passando a atuar em Divinópolis, Ana Paula Rodrigues de Oliveira afirmou que trabalhará na busca pela redução da criminalidade aqui na região.

“Vamos trabalhar com uma investigação policial eficiente e estaremos muito engajados e com disposição, para desempenhar um bom trabalho e uma segurança pública de eficiência na cidade, fornecendo um sentimento de segurança à toda população”, falou.

Matheus Luiz de Faria chega para ser o novo delegado de polícia de Cláudio, município que não contava com a função desde fevereiro. Para assumir o cargo, ele relatou que as expectativas são as melhores.

“A população anseia pela presença de uma autoridade próxima à ela e esperamos otimizar os índices de criminalidade da melhor forma possível, aproximando a população e trabalhando em conjunto com as demais força de segurança”, contou.

Déficit e expectativas

Com estas chegadas, as novas nomeações possuem o objetivo de suprir uma demanda tratada com preocupação na região. 

Antes delas, a delegacia regional divinopolitana atuava com um déficit de 75% no número de delegados, ou seja, do quadro de 16 profissionais, apenas 06 estavam em atividade e em agosto, a situação se agravou com a transferência de mais um delegado para Nova Serrana e licenças médicas, além de 23 mil inquéritos acumulados, aguardando conclusão.

“Existe um déficit não somente em Divinópolis, mas em todo o estado, devido às limitações financeiras, mas o Governo está sensível para essa demanda de segurança pública”, disse Leonardo Pio.

Flávio Destro afirmou que o déficit sempre existiu e ainda continua, mas com a chegada destes profissionais, ele será minimizado, fazendo com que a força de trabalho seja melhorada. 

“Então estes profissionais chegam muito motivados, dispostos a contribuirem com a segurança pública da região, de forma com que os nossos trabalhos, daqui por diante, serão agilizados, algumas comarcas que estavam sem delegados de polícia, passam a ter um titular e os inquéritos que estavam paralisados voltam a tramitar normalmente, então isso é um cenário muito positivo para nós, já que há a expectativa de mais nomeações de delegados pelo Governo do Estado”, finalizou.

Sobre este assunto, há a expectativa para a designação, no primeiro semestre de 2020, de cerca de 100 novos delegados, para toda Minas, aprovados em concurso público. 

Os profissionais deverão ser nomeados como delegados e em seguida ingressarão na Acadepol, para que após a formação, sejam designados no território mineiro.

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

É repórter do Portal Gerais. Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.