Skip to main content

Casas no prolongamento do Bom Pastor são dedetizadas

By 11/09/2018setembro 12th, 2018Destaques com foto, Outras Notícias, Saúde

Equipes da Vigilância em Saúde orientaram os moradores e aplicaram inseticida contra o carrapato transmissor da febre maculosa nas residências

Portal Centro-Oeste

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realizou, na manhã desta terça-feira (11), no prolongamento do Bairro Bom Pastor, uma ação de dedetização em 16 casas próximas ao Rio Itapecerica. Equipes da Vigilância em Saúde orientaram os moradores e aplicaram inseticida contra o carrapato transmissor da febre maculosa nas residências.

O Secretário Municipal de Saúde, Amarildo de Souza, acompanhou de perto as ações da equipe da vigilância. Os moradores, segundo o secretário, entraram em contato com a saúde para informar sobre os carrapatos. “As próprias pessoas que moram às margens do rio Itapecerica acionaram a Semusa para realizar essa ação. Os moradores nos relataram que os animais silvestres ficam pelas ruas do bairro”, afirmou.

De acordo com o secretário, os moradores precisam ficar atentos ao visitar sítios e campos às margens do rio. “A população precisa ficar atenta ao terem contato com animais silvestres e domésticos. Se teve contato e apresentando qualquer sintoma procurar uma unidade de saúde imediatamente”, afirmou.

Conforme o secretário, 12 locais em sua maioria campos de futebol, foram interditados por serem propícios para o carrapato. “Os campos de futebol da cidade, em sua maioria, ficam às margens dos rios. Quem pratica o futebol as vezes não percebe que o carrapato pode ir para o material esportivo e vai para casa e toda família corre o risco”, disse.

Cinco campos foram notificados a suspenderem suas atividades para prevenção: Flamengo Esporte Clube, Estádio Waldemar Teixeira de Faria, Associação Atlética Danilo Passos, Bom Sucesso e do Manoel Valinhas. Também foram suspensas atividades no Parque da Ilha e no espaço dos Escoteiros Frei Leão Rodrigues.

Já outros quatro locais foram notificados para suspender atividades somente nos campos de futebol: Associação Atlética Banco do Brasil, Divinópolis Clube, Clube dos Servidores Municipais (CSM) e Centro de Treinamento do 10º Batalhão de Bombeiros Militar de Minas Gerais (BBM).

Casos

A Semusa investiga dois casos de febre maculosa em duas crianças. Uma de dois anos e seis meses e outra com dez anos de idade, ambas deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Amostras de sangue dos pacientes foram recolhidas e enviadas à fundação Ezequiel Dias, em Belo Horizonte, para análise.A Semusa também acompanha a internação de uma criança de 8 anos, com febre maculosa.

Amostras de sangue da paciente foram colhidas e enviadas para análise e o município aguarda o resultado.Em 1º de julho, uma jovem de 24 anos morreu após dar entrada no Hospital São João de Deus (HJSD) com dores no corpo e febre alta. Em 24 de julho, um idoso de 81 anos morreu. Em 4 de agosto a Semusa confirmou a morte de um paciente de 63 anos em decorrência de febre maculosa. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) reforça o trabalho educativo sobre os perigos da febre maculosa, distribuindo panfletos e cartazes nas áreas consideradas críticas e interditando locais com focos e passíveis a infestação do carrapato-estrela.

Fotos: PMD

 

Leave a Reply