Servidores retiram pedido de “impeachment” contra Galileu Machado

Reajuste salarial foi autorizado pelo prefeito; Denúncia perdeu o objeto, afirma Sintram

Foi retirado, nesta segunda-feira (13), a Denúncia de Infração Político-administrativa do Sindicato dos Trabalhadores Municipais (Sintram), contra o prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado (MDB). A solicitação foi feita através de um ofício, dos membros da classe, para a presidência da Câmara Municipal.

Ao PORTAL CENTRO-OESTE, o Sintram disse que o motivo da desistência do pedido de “impeachment” se deve à perda do objeto já que o gatilho foi confirmado através de um decreto publicado na semana passada.

Desdobramentos

A denúncia dos servidores foi baseada no descumprimento da Lei do Gatilho, que dispõe sobre o reajuste dos salários dos funcionários municipais, anualmente.

Na reunião ordinária desta última quinta-feira (09), a denúncia seria protocolada no Legislativo, o que acabou não ocorrendo, em razão da falta de documentos pessoais dos denunciantes, Darly Salvador e Geraldo de Oliveira, que ambos compunham a Comissão de Servidores, formada em uma assembleia do Sintram.

Na edição do Diário Oficial dos Municípios Mineiros da sexta-feira (11), um decreto foi publicado, determinando o reajuste integral para os servidores, em 4,59%.

Marcelo Lopes

Marcelo Lopes

É repórter do Portal Gerais. Graduado em jornalismo e apaixonado por esportes e histórias.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.