Sob vigilância constante, Parque da Ilha é reaberto em Divinópolis

Município libera área de caminhada, quadras e playground após dedetização no local

Ilídio Luciano

Depois de permanecer fechado desde 2018, o Parque da Ilha em Divinópolis foi oficialmente reaberto à população divinopolitana, na tarde desta terça-feira (14/01).

O local estava impossibilitado de receber visitantes, por conta de suspeitas de infestação do  carrapato estrela, transmissor da febre maculosa, e que tem a capivara como hospedeiro. Algumas mudanças já poderão ser percebidas pelos visitantes e outras ainda estão por vir, segundo o Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Leonardo Franqueira.

“Algumas secretarias municipais estão já há dois meses realizando o controle biológico no Parque da Ilha, para evitar ao máximo o contato dos visitantes com o carrapato. Foi feita a dedetização, a Vigilância em Saúde vem acompanhando; são ações em conjunto que farão o Parque ficar aberto o ano todo”, comemora.

Secretário de Esportes disse que o horário de abertura deverá ser ampliado (Fotos: Ilídio Luciano)

Uma das mudanças no parque é a instalação de portaria de acesso; porteiros estarão na entrada do local, recolhendo o nome e o documento dos visitantes. Outra mudança é o horário de funcionamento, que será entre as 9h até às 19h; Leonardo garantiu que esse horário será estendido em breve, o parque será aberto às 6h e fechará às 21h.

No local ainda há a demarcação com fitas zebradas, indicando aos visitantes a proibição de ultrapassar esse limite considerado de segurança e não incidência de carrapatos. O Secretário pede aos frequentadores do parque, que respeitem as marcações feitas.

“Nós liberamos os locais que acreditamos estarem livres de carrapatos, entretanto, nas áreas de mata é impossível esse controle. Então pedimos para a população, que respeite os limites demarcados no parque e que não se arrisquem ultrapassando esses locas sinalizados”, clama.

Os locais liberados para uso são: a pista de caminhada, a pista de Skate e as quadras poliesportivas. O Secretário informou que em breve, haverá aulas gratuitas para a população, com profissionais da área de educação física, como aulas de futsal, basquete, corrida e academia ao ar livre.

Leonardo Franqueira informou que a Prefeitura busca investimento da iniciativa privada, para a aquisição do cercamento biológico de 1,7 mil metros. O valor estimado gira em torno de R$ 300 mil.

Vigilância constante

Com o objetivo de garantir a segurança total dos frequentadores, o Parque da Ilha receberá inspeção regular da Vigilância em Saúde do Município; segundo o coordenador de Vigilância ambiental de Divinópolis, Edson Ribeiro, haverá visita técnica ao menos duas vezes por mês.

“Desde que se obedeça às regras, o Parque está seguro; se as pessoas utilizarem a área de caminhada, as quadras e o parquinho, não há risco algum de infestação de carrapatos, o que não pode é desrespeitar as regras e ultrapassar as áreas delimitadas”, chama à atenção.

Edson garante que a Vigilância Ambiental estará em vistoria ao parque ao menos de 15 em 15 dias.

“No mínimo a cada quinzena a Vigilância estará no parque para fazer essa vistoria; havendo qualquer problema, faremos a dedetização no local, mas o monitoramento eu posso garantir que será constante”, compromete.

Por fim, o coordenador da Vigilância informa que todos os locais de mata estão interditados e não há previsão para liberação. Panfletos informativos sobre a febre maculosa estão sendo distribuídos aos visitantes logo ao entrarem no local.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.