STF determina que câmara realize nova votação de admissibilidade de denúncia que pode levar ao impeachment de Galileu

O vereador de Divinópolis, Sargento Elton (Patriota) obteve decisão favorável no Supremo Tribunal Federal (STF) e a Câmara de Divinópolis terá que refazer a votação de admissibilidade da Denúncia de Infração Político Administrativa contra o prefeito Galileu Machado (MDB).

Na decisão o ministro, disse que a procuradoria da câmara orientou erroneamente as diretrizes da votação. Afirmou ainda que por bom senso deve ser realizada nova votação considerando a maioria simples, ou seja, maioria dos presentes.

“É a primeira vez que um vereador, no Brasil, entra no STF, para fazer cumprir a lei. A própria câmara que deveria fiscalizar está exigindo 2/3 para proteger o prefeito”, afirmou ao PORTAL CENTRO-OESTE.

A denúncia recebeu 10 votos a favor e 5 contrários.

Liminarmente o STF já havia se posicionado sobre o rito da votação. Entretanto, a procuradoria entendeu que o relator havia pedido apenas que não houvesse o arquivamento da denúncia.

A decisão na íntegra deve ser publicada nos próximos dias.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano é editora-chefe do Portal Centro-Oeste. Jornalista por formação e paixão. Pós-graduada em Marketing e Comunicação Integrada.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.