Skip to main content

Suspeito de matar brutalmente caminhoneiro é preso em Campo Belo

Por 01/12/2022Gerais

A vítima foi morta com vários golpes de martelo durante o assalto no Sul de Minas; O homem fugiu com a carteira

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandado de prisão contra um homem, de 38 anos, suspeito de roubar e matar um caminhoneiro, de 63, no dia 20 deste mês, em Lavras, no Sul do estado. O investigado, detido na última terça-feira (29/11), foi encaminhado pela Polícia Militar à Delegacia em Campo Belo, após denúncia de estelionato ocorrido nessa cidade.

Embora a vítima do crime de estelionato não tenha manifestado interesse em representar para a continuidade da investigação e de adoção de medidas de polícia judiciária contra o suspeito, a equipe que investiga a morte do caminhoneiro já havia empenhado esforços para a solicitação do mandado de prisão do investigado, sendo a ordem expedida pelo Poder Judiciário e cumprida ainda na unidade policial.

Crime brutal

Investigações da PCMG apontam que o caminhoneiro foi assassinado, com vários golpes de martelo na região da cabeça, durante um assalto, ocasião em que o suspeito se apoderou da carteira da vítima, contendo dinheiro e cartões, além do celular dela. O corpo do homem foi encontrado dentro do caminhão, local onde ocorreu o crime, com sinais de extrema violência.

Por meio de levantamentos, sobretudo pela análise de imagens de câmeras de segurança, os policiais identificaram o momento em que o suspeito entrou no veículo da vítima na condição de carona. Com base nas informações reunidas, foi possível identificá-lo. Inclusive, no curso dos trabalhos policiais, outro caminhoneiro relatou ter sido vítima de uma tentativa de roubo por parte do investigado, porém, conseguiu fugir.