Skip to main content

Vereadores chamam ex-secretário de saúde para esclarecer denúncias contra o São João de Deus

By 04/10/2021outubro 13th, 2021Outras Notícias, Política

Prevista, inicialmente, para esta segunda-feira (4/10), conforme antecipado pelo vereador de Divinópolis, Hilton de Aguiar (MDB), a reunião entre os parlamentares, o Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) e a promotoria será nesta quarta-feira (6/10).

Serão convidados promotores, Amarildo Sousa (ex-Secretário de Saúde de Divinópolis), Érico Souki (diretor de Regulação do HSJD), Alan Rodrigo (atual Secretário de Saúde do município), Elis Regina (Diretora do Hospital São João de Deus), bem como a Comissão de Saúde, Comissão de Administração e o diretor financeiro do Hospital São João de Deus.

O pedido para essa reunião partiu da Comissão de Fiscalização, que tem como integrantes os vereadores Rodyson do Zé Milton (PV), Hilton de Aguiar e Roger Viegas (Republicano). Na oportunidade, serão discutidas as divergências de informações de contas da Semusa em relação as do hospital.

Denúncias

No balanço apresentado, Érico Souki citou um caso em que o valor cobrado pelo hospital era de R$ 9.919, após o trabalho da equipe o montante caiu para R$ 4.975.

“Outra conta que era R$ 36 mil virou R$ 13 mil. O São João de Deus, apresentou uma conta de R$ 36 mil para pagar e após a supervisão hospitalar, junto com a supervisão de enfermaria detectaram que os procedimentos não eram os corretos”, exemplificou.

Outro caso é de uma cobrança de R$2.904 e após a revisão o valor caiu para R$599. De acordo com Souki, o hospital lançava procedimentos mais complexos e mais caros, porém realizava outros mais baratos.

Esclarecimentos

No dia 21 de setembro os vereadores receberam médicos e diretoria do hospital para apresentar os esclarecimentos sobre a denuncia feita pela Secretaria de Saúde.

Os médicos explicaram o motivo das divergências nas contas apresentadas, sobre um possível superfaturamento nas Autorização de Internação Hospitalar (AIH).

Para que outras dúvidas sejam sanadas sobre o caso, a Comissão de Fiscalização solicitou uma reunião com MP e demais comissões para discutirem sobre o caso.

Amanda Quintiliano

Amanda Quintiliano

Sou fundadora do Portal Gerais. Jornalista por formação e paixão. Curiosa, observadora e questionadora. Mãe da Cecília, na desafiadora e gratificante tarefa de maternar, empreender, realizar-se.