Após surto de COVID-19, Câmara de Divinópolis reabre sem público

Sede do Legislativo foi desinfectada; 80% dos servidores fizeram testes

A Câmara de Divinópolis retornará com o funcionamento normal a partir desta terça-feira (4/5), às 12h, com os atendimentos ao público suspensos. A casa legislativa permaneceu fechada nesta segunda-feira (3/5) para um trabalho de desinfecção, após terem sido confirmados quatro vereadores e quatro servidores com Covid-19.

De acordo com o presidente, Eduardo Print Júnior (PSDB), todas as medidas de segurança foram tomadas ainda na sexta-feira (30/4), quando os testes deram positivo. O expediente foi suspenso a partir das 17h. Após realizar a desinfecção por parte da equipe de Vigilância Sanitária nesta segunda-feira, às 16h, todo trabalho poderá voltar ao normal, seguindo as normas estabelecidas pela Secretaria Geral da Casa Legislativa.

Nesta segunda pela manhã, equipes da Vigilância estiveram na Câmara em reunião com o presidente, formalizando a notificação para que os atendimentos ao público sejam suspensos nesta semana. Por isso, a portaria da Casa permanecerá fechada, funcionando apenas os serviços internos administrativos e dos gabinetes.

Testes

Tiveram início ainda na manhã desta segunda-feira os testes de Covid-19 nos servidores da Câmara. De acordo com informações divulgadas pelo Legislativo, inicialmente seriam testadas 60 pessoas que tiveram contato direto com os vereadores positivados. No entanto, em uma articulação de parceria, o presidente conseguiu praticamente dobrar o número de testes. Com isso, 110 servidores serão testados até a manhã desta terça-feira.

“Nossa parceria com a UFSJ foi muito positiva. Os testes foram feitos de forma gratuita, em uma união de forças para que a situação fosse controlada na Câmara. Sabemos da importância de manter a Casa funcionando, mas, primordialmente, queremos que os servidores trabalhem com segurança. Assim, a Câmara já está devidamente sanitizada e os resultados dos testes devem sair nesta semana, e, tão logo, voltaremos a funcionar normalmente com os atendimentos”, diz Print.

Reuniões remotas

Para que as reuniões da Câmara sejam realizadas de forma online, é necessário que seja mudada a resolução vigente. Portanto, foi protocolado nesta segunda-feira o Projeto de Resolução CM 003/2021, que institui procedimentos para a realização de reuniões ordinárias e extraordinárias na modalidade remota, como solução a ser utilizada durante a emergência de saúde pública relacionada à pandemia de Covid-19 assemelhados.

Para votação desta matéria, foi convocada reunião extraordinária, a ser realizada na próxima quarta-feira, 5, às 14h, no plenário. Se aprovado, já na próxima quinta-feira (6/5) as reuniões poderão ser realizadas de forma remota.

Na justificativa do Projeto de Resolução consta que:

“A fim de evitar a propagação do vírus da Covid-19 e diante da necessidade de adoção de medida de urgência e de excepcional alcance, vê-se na obrigação, em observância aos ritos do processo legislativo, a disponibilizar o funcionamento da Casa com a coleção de procedimentos pela inovação tecnológica, com a realização de reuniões na modalidade remota, com vista a cumprir as determinações legais de distanciamento social, enquanto durar a emergência de saúde pública de importância nacional relacionada ao vírus da Covid-19”.

Reunião ordinária

Para esta terça-feira (4/5), a reunião ordinária está mantida de forma presencial, no plenário, com a convocação feita a todos os parlamentares aptos a comparecerem.

“Qualquer vereador ou servidor que apresentar sintomas gripais ou qualquer outro sintoma da Covid-19 deverá permanecer em casa, com os devidos cuidados. Um ofício informando o home office deverá ser encaminhado ao setor responsável, com o motivo da permanência em casa”, informa a Câmara.

Leia também

Em meio a surto de COVID-19, Câmara de Divinópolis fecha para desinfecção
Com 4 vereadores com COVID-19, Câmara de Divinópolis pode ser interditada
Já não deveria ser preciso pedir uso de máscara 

Divinópolis ultrapassa 300 mortos por covid-19

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert

Ricardo Welbert, jornalista formado pela Uemg em Divinópolis e mestrando em Ciências da Comunicação na Universidade do Porto, em Portugal.

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do PORTAL GERAIS. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O PORTAL GERAIS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.